segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

O RIO PACIFICADO É UM PERIGO.

JORNAL DO BRASIL:
05/02 às 10h53 - Atualizada em 05/02 às 13h18.
Homem passa atirando e atinge 4 pessoas na Favela da Rocinha.
Na manhã deste domingo, um homem em uma moto atingiu quatro pessoas ao passar atirando na frente da favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Os quatro feridos pelos disparos seriam moradores que passavam pelo local. As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital Miguel Couto.
Dois homens de 32 anos foram feridos com tiro na perna esquerda, sem gravidade. Também deram entrada no Miguel Couto um idoso de 73 anos com tiro na perna direita, sem gravidade, e um rapaz de 21 anos com tiro no pé direito, que vai passar por cirurgia. As informações são da Secretaria municipal de Saúde.
De acordo com a PM, o suspeito chegou a ser perseguido por policiais e moradores, mas fugiu, deixando para trás uma pistola 9 mm, que foi foi apreendida. O caso foi registrado na 15ª DP (Gávea).
Numa mega operação realizada em novembro de 2011, a Rocinha foi pacificada e ocupada por forças da segurança. Favelas vizinhas, Vidigal e Chácara do Céu também foram ocupadas. O governador Sérgio Cabral afirmou, durante a inauguração da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Vidigal, que a Rocinha receberá uma UPP ainda no primeiro semestre de 2012.
Juntos Somos Fortes!

6 comentários:

Anônimo disse...

Cabral caga na cabeça da liderança: http://www.jb.com.br/rio/noticias/2012/02/06/cabral-nao-acredita-em-greve-da-pm-do-rio/

Anônimo disse...

CABRAL DÁ ISENÇÃO FISCAL A MOTEL, TERMAS (PUTEIROS DE LUXO) E AO SEU CABELEIREIRO

A matéria de hoje da Folha de S.Paulo assinada pelos jornalistas Ítalo Nogueira e Marco Antônio Martins, sob o título: ”Renúncias fiscais de Cabral vão de boate a cabeleireiro” dá idéia da irresponsabilidade fiscal e da falta de prioridades no uso do dinheiro público. Entre 2007 e 2010 deixaram de entrar nos cofres do Estado, R$ 50 bilhões. Os dados são da secretaria estadual de Fazenda e mostram que boates, motéis, postos de gasolina, termas e até cabeleireiros foram beneficiados com a isenção de impostos. O montante da renúncia fiscal cresceu 72% em 2010, em relação a 2007, primeiro ano do governo Cabral. Os R$ 50 bilhões já são mais do que a metade da receita tributária que foi de R$ 97 bilhões no mesmo período.

Agora vejam que coisa formidável. Uma das empresas beneficiadas é Werner Coiffeur, que nos últimos anos cuidou dos cabelos de Adriana Ancelmo e do próprio Sérgio Cabral. Werner contou à Veja, que Cabral e Adriana mandam apanhá-lo de helicóptero para cuidar dos cabelos do casal em Mangaratiba. A renúncia em favor do cabeleireiro Werner chegou a R$ 336 mil reais, segundo o relatório da secretaria de Fazenda. Que absurdo!

Absurdo maior ainda é caso do incentivo fiscal concedido à Termas Monte Carlo e à Termas Solarium. É isso mesmo que você está lendo. Acredite! Termas. A Termas Monte Carlo, que fica em Copacabana, no seu site oferece fotos de camas e banheiras. A Termas Solarium, localizada no Jardim Botânico vai mais longe: oferece discrição, saunas e massagens. É uma imoralidade com o dinheiro público. A Monte Carlo ganhou isenção de R$ 109 mil e a Solarium de R$ 316 mil.

Diante do salário pago aos bombeiros, policiais, professores e médicos, isso chega a ser um tapa na cara do funcionalismo estadual e um deboche com a população.

Anônimo disse...

Veja isso Coronel:

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1044570-soldados-atiram-e-lancam-bombas-de-gas-contra-grevistas-na-ba.shtml


Governo da Bahia parte pra cima dos PM's

SGT PM Marcus Saldanha disse...

Bom dia, Com todo respeito ao Tem Cel PM Nelson Herrera e Maj.BM, gostaria de aproveitar o saber jurídico do Ten Cel PM Nelson para que o mesmo pudesse comentar sobre uma informação que a muito venho pedindo e não obtenho a devida resposta: todo pressuposto das Leis são emanados da C. Federal, no caso do Brasil a última de 1988, em que artigo a mesma trata de vetar greve de policiais e bombeiros, mais uma vez digo que não estou conseguindo localizar por isso solicito seus préstimos, fala-se muito da ilegalidade e das supostas punições, que são transcrita no Código Penal Militar, porém esquecem de mencionar que o mesmo tem que estar em consonância com a CF/88. O código penal militar é aplicado de maneira sumária em tempos de GUERRA, todavia ele é sistematicamente aqui alardeado como forma de submeter os praças e alguns oficiais ao julgo autoritário do governo e oficiais que encontram-se no comando. Com todo respeito a sua história de um Bravo Policial Militar e acima de tudo cidadão gostaria de sua resposta. Um forte abraço .

SGT PM Marcus Saldanha disse...

Bom dia, o Sr. Governador Sergio Cabral, concedeu a 1º entrevista sobre a possibilidade de uma GREVE na SSP do RJ, confesso que quase chorei de escutar tanta mentira junta, o cinismo e a cara de pau encontro ali morada fácil, pior que ele somente essa imprensa branca, cooptada pelo canto da sereia com investimento bilionários por parte desse governo em propaganda, escutem a mesma e tirem suas próprias conclusões, se essa imprensa fosse no mínimo um pouco imparcial daria direito de resposta as categorias. Aproveito também para solicitar ao Cel Paul, que se manifeste sobre comunicar a população da possível paralização do dia 10/02, pois no dia de hoje tal possibilidade foi tema de debate em duas rádios de grande audiência, na rádio globo e na rádio tupi, sendo que a rádio globo tratou do caso como se estivéssemos extorquindo o ESTADO, já o Sr. Roberto Canazio, da rádio tupi foi contundente com relação a situação da Bahia e o que pode acontecer no RJ, bem como em outros ESTADOS, cobrando inclusive o mau passo dado pelos governadores quando foram a Brasília e intimaram suas bases para não colocar em votação a PEC 300 no congresso nacional. Em tempo continuo aguardando a solicitação que fiz sobre o impedimento legal de movimento paredista das policias e dos bombeiros a todos os oficiais PM, BM, Del. Pol e também a procurador geral do Estado, me ajude por favor nessa duvida. Juntos somos forte,

Anônimo disse...

Gente e Cel Paul, tenho certeza que o Cabral não vai negociar nada antes da greve. Ele quer esperar a paralisação para ver o que vai dar, até porque ele acredita muito na sua força de repressão. Governador Cabral, vou te dizer uma coisa aqui: essa paralisação que vamos fazer é muito nobre, ao contrário do que deve estar pensando, porque com esse salário que nos paga, nós só temos uma alternativa, VIRAR LADRÃO, o que não queremos. Daí a NOBREZA DO NOSSO MOVIMENTO. Vou te dizer mais uma coisa, se o nosso movimento não atingir o resultado que esperamos, não tenha dúvida de que a minha revolta me fará LADRÃO, assim como muitos amigos PM pensam da mesma forma, pois não tenho como viver com a sua esmola. E sabe quem será o responsável por isso? Um tal governador apelidado de PINÓQUIO.

SD PM Cobra D'água