quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

BAHIA: GREVE DE POLICIAIS MILITARES CONTINUA.

SITE R7:
Policiais Militares decidem continuar greve na BA.
Principal líder do movimento foi preso na manhã desta quinta-feira, em Salvador.
Do R7, com Rede Record.
Policiais militares do Estado da Bahia que estão em greve desde o dia 31 de janeiro decidiram continuar a paralisação em assembleia realizada por volta das 10h45 desta quinta-feira (9), na sede do Sindicato dos Bancários, em Salvador. No início desta manhã, eles deixaram o prédio da Assembleia Legislativa que ocupavam desde o início do movimento. A ação foi uma forma de protesto contra a falta de negociação com o governo.
A saída do edifício foi pacífica e não houve confrontos. O principal líder do movimento, Marcos Prisco, foi preso durante a desocupação. Ele foi encaminhado de helicóptero para as instalações da Polícia do Exército na capital baiana. Além dele, foi detido Antônio Paulo Angelini.
Outro mandado de prisão foi cumprido no fim da tarde desta quarta-feira (8), segundo a Secretaria de Segurança Pública. A soldado Jeane Batista de Souza, do Batalhão de Guardas da PM, foi presa acusada de formação de quadrilha e roubo de patrimônio público (viaturas). Os outros dois sargentos detidos anteriormente foram Alvin dos Santos Silva, preso no domingo (5), e Elias Alves de Santana, detido na terça-feira (7). Todos estão no quartel do Exército na capital.
O efetivo de militares que cercava a Assembleia no início da manhã era de cerca de 1.550. De acordo com o tenente-coronel Márcio Gilberto Barbosa da Cunha, houve um reforço no número de homens com o objetivo de “aumentar a segurança e tranquilidade no local”. Ele também negou que o Exército planejasse invadir a Assembleia.
Acordo
Na terça-feira (7), o governador do Estado, Jaques Wagner, e os líderes do movimento grevista ficaram cerca de sete horas reunidos para decidir o fim da paralisação, mas não houve acordo.
Wagner se reuniu com representantes da Polícia Militar para apresentar propostas, como o aumento de 6,5% nos salários, e mais uma gratificação por trabalho policial gradativa até 2014. Os PMs não concordaram.
Carnaval
O nono dia de greve da Polícia Militar, completado nesta quinta-feira, dá a dimensão do caos na Bahia. Faltando uma semana para o Carnaval em Salvador (BA), os donos dos grandes blocos e camarotes já contabilizam os prejuízos. Pelo menos 70 eventos pré-Carnaval já foram cancelados. Hotéis calculam que 10% dos turistas que ficariam hospedados desistiram da viagem.
Apesar da incerteza sobre a realização dos eventos que celebram o feriado, as estruturas de arquibancadas e camarotes estão sendo montadas para receber cerca de 2 milhões de pessoas.
Aumento da violência
O número de homicídios registrados no Estado da Bahia desde que policiais militares decretaram greve, na noite do dia 31 de janeiro, chegou a 136 na quarta-feira. De acordo com o boletim da Secretaria de Segurança Pública, atualizado às 19h15, sete pessoas foram assassinadas só nesta quarta. O dia mais crítico foi sexta-feira (3), quando 32 homicídios foram registrados.
Na comparação com os oito dias que antecederam a decretação da greve, o número cresceu 147%. Entre os dias 24 de janeiro e a noite do dia 31, 55 pessoas foram assassinadas no Estado (Assistam o vídeo).
Juntos Somos Fortes!

11 comentários:

Anônimo disse...

o unico voto contra essa porcaria de aumento foi do deputado paulo ramos,parabens ao nobre deputado pela sua postura,o povo ira amargar a falta de seguranca hoje.

Anônimo disse...

Sr. Cel Paúl,

O "ilustríssimo" Sr. Cel BM Sérgio Simões, Comandante do CBMERJ, determinou, agora pouco, por rádio, a cada comandante de quartel, que todos os Bombeiros Militares do RJ estão impedidos de deixar seus respectivos quartéis, bem como os bombeiros que adentrarem as dependências de qualquer quartel de BM a partir de agora.

Em outras palavras, o Comandante Geral determinou que todos os Bombeiros do Rio de Janeiro sejam mantidos em CÁRCERE PRIVADO a partir deste momento.

Por favor, nos ajude, Cel Paúl!!! Denuncie!!!

Mais uma medida desesperada do DESgovernador Sérgio Cabral para arruinar a assembléia da segurança pública hoje, às 18h, na Cinelândia.


Ass: Bombeiros do Rio.

Anônimo disse...

09/02/2012 às 14:56
ASSEMBLÉIA É DESOCUPADA, MAS GREVE CONTINUA NA BA; OITO OUTROS ESTADOS EM ALERTA.
Eis o custo da demagogia de Lula e da campanha eleitoral de Dilma

Os policiais militares desocuparam a Assembléia Legislativa na Bahia, mas, por enquanto, a greve continua. Em nove dias, já são 146 homicídios na Grande Salvador. Como afirmo aqui desde o primeiro dia, o número evidencia que algo de muito errado se passa com a política de segurança do governador Jaques Wagner (PT), com ou sem greve. O problema está longe de ser resolvido. Além da Bahia, há forte mobilização em outros oito estados: Rio, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Alagoas. Um bobão aí afirmou que fico criticando Jaques Wagner, mas ignoro a razão real da mobilização: a PEC 300. Ignorante é ele! Fui o primeiro a tratar deste assunto agora e antes. Escrevi a respeito anteontem e, mais importante, tratei do assunto no dia 10 de novembro de 2010.

Relatei em detalhes quem armou esse gatilho. O principal responsável é o senhor Luiz Inácio Lula da Silva. Ao assinar a MP 426 reajustando os vencimentos da PM do Distrito Federal — a conta cai nas costas da União —, armou um evento público, com milhares de pessoas e, na prática, incitou os policiais do Brasil inteiro a pedir equiparação com o DF. Republico o vídeo.



Prestem atenção a cada palavra do demagogo. Reconheceu que a reivindicação se espalharia Brasil afora, alertou que alguns estados não teriam condições de arcar com o custo, mas também deixou claro que ele próprio seria um militante da causa. O deputado Arnaldo Faria de Sá achou uma boa idéia a equiparação e mandou ver na PEC 300 sem levar em consideração o que isso significaria no caixa dos estados. Alertado, introduziu um mecanismo que joga na conta da União o que os estados gastarem a mais com a equiparação. Aí foi a vez de o governo federal refugar e passar a trabalhar contra a PEC 300.

Mas atenção! Na campanha eleitoral, já demonstrei naqueles dois textos, a turma ligada a Dilma Rousseff, a exemplo de Jaques Wagner, passou a fazer proselitismo na porta de quartel e espalhou Brasil afora que Serra era contra a PEC 300 — sugerindo-se, pois, que Dilma era a favor.

Jaques Wagner não foi o único petista a dar piscadelas para gente armada, não! O elemento principal da agitação tem nome: Lula. Dilma tem culpa subsidiária, uma vez que sua campanha deu a entender que, com o PT, a PEC 300 teria futuro. Ora, tão logo chegou ao poder, a Soberana passou a mobilizar a sua base no Congresso para boicotá-la.

É assim que se arma uma grande confusão. E é assim que o povo paga o pato pelas bobagens feitas por políticos. A greve na Bahia, com seus quase 150 mortos só na Grande Salvador em nove dias, é o chamado “custo demagogia”. Lula, Dilma e os petistas no geral decidiram se comportar como vivandeiras. Deu nisso aí.

Por Reinaldo Azevedo

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/assembleia-e-desocupada-mas-greve-continua-na-ba-oito-outros-estados-em-alerta-eis-o-custo-da-demagogia-de-lula-e-da-campanha-eleitoral-de-dilma/

Anônimo disse...

Se a polícia fosse inteligente monitorava os funcionarios da globo e mídia em geral, e em flagrante delito, sabendo que estão fazendo coisas ilícitas os rigores da lei pra eles.
E os bombeiro recolhiam os cadáveres e colocavam na porta do cabral, fazendo assim não presisariam nem fazer greve!!!!

Anônimo disse...

É isso ai. Aqui na Bahia as coisa são diferentes do que as redes de Televisão mostram. As principais cidades do interior e capital estão em greve.

E tem mais, os onibus com os militares recem formados que iriam fazer a segurança em Salvador com toda certeza será impedido de ir.

BAIANO É BICHO DOIDO!!!

A CASA ESTÁ CAINDO PARA ESTE GOVERNO CORRUPTO.


JUNTOS PODEMOS MUITO MAIS.

ACORDA PM"S DO RIO DE JANEIRO!!!

VOCÊS MERECEM MUITO MAIS.

A HORA É ESTA.

QUEM SABE FAZ A HORA, NÃO ESPERA AONTECER.


NÃO ACEITEM ESTA PROPOSTA, VOCÊS CONTINUARÃO PASSANDO FOME...

Anônimo disse...

É isso ai. Aqui na Bahia as coisa são diferentes do que as redes de Televisão mostram. As principais cidades do interior e capital AINDA estão em greve ( A GREVE AQUI É PACÍFICA, A TELINHA ESTÁ DISTORCENDO).

E tem mais, os onibus com os militares recem formados que iriam fazer a segurança do carnaval em Salvador com toda certeza será impedido de ir.

BAIANO É BICHO DOIDO!!!

JUNTOS PODEMOS MUITO MAIS.

ACORDA POLICIAIS DO RIO DE JANEIRO!!!

VOCÊS MERECEM MUITO MAIS.

A HORA É ESTA.

QUEM SABE FAZ A HORA, NÃO ESPERA AONTECER.


NÃO ACEITEM ESTA PROPOSTA, VOCÊS CONTINUARÃO PASSANDO FOME...

AQUI EM MINAS EM 2014 RECEBEREMOS R$ 4.000, VOCES ESTAÃO RECEBENDO 2000, ISTO É UMA VERGONHA.


R$ 2000 AINDA EM 2014 É UMA VERGONHA


R$ 2000 AINDA EM 2014 É UMA VERGONHA

Anônimo disse...

POLCIAL "MILITAR" não é como no tempo do coronelismo. Antes era 5º série.

O POLICIAL "MILITAR" a cada dia se aprimora no que faz. Cursos e mais curso. Pós e mais Pós.

POLICIAL "MILITAR" trabalha porque gosta do que faz.

POLICIAL "MILITAR" não deve mais estar submetido ao arcaico Código Penal MIlitar.

POLICIAL "MILITAR" tem DIGNIDADE.

POLICIAL "MILITAR" é quem assegura o ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. sabemos muito bem disso. Você sabia? Veja quanta preocupação em apenas uma simple greve. Está vendo?

POLICIAL "MILITAR" come e bebe

POLICIAL "MILITAR" sabe da força que tem

...


JUNTOS SOMOS FORTES!!!!!

Não aceitamos este reajustizinho...

Anônimo disse...

________ATENÇÃO____________________
coronel Paúl!

Acabei de sair do QG, e o Coronel COsta Filho pediu para ser exonerado, para o Governador!!!!

JUNTOS SOMOS FORTES!!!

Anônimo disse...

governador não aceitou o pedido do cmt geral,juntos somos fortes.............

Anônimo disse...

Claro que não iria aceitar o pedido de demissão, se isso realmente aconteceu, porque o desgaste político seria enorme para ele. Ele não é bobo.

SD Kukushima

oguarda disse...

parece q o militar nao eh humano, os direitos humano nao nos abrange as leis trabalhistas idem, nenhum orgao nos apoia. Nao se tem pra onde correr, muitos policias estao passando penas uma temporada e depois pedem baixa e vao p outros empregos, nao podemos contar c lula nem dilma antes lutaram p melhorias e agora nao aceitao q o pm lute tb.
www.oguarda.com