quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

A DESMORALIZAÇÃO DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO.

Eu sou contra a greve, desde o primeiro momento e sempre destaquei a relevância do desencadeamento da Operação Tolerância Zero na luta pelos nossos direitos. Operação utilizada várias vezes pela Polícia Federal e que não constitui nem crime e nem transgressão disciplinar, muito pelo contrário.  É preciso aprender a planejar e agir em conformidade com a preservação dos nossos direitos. Ao investir no movimento grevista, os que agem em tal direção acabam ficando sujeitos a acusações como as feitas em desfavor do Cabo BM Daciolo, mas cada um é senhor de seus pensamentos e de suas ações.
Escrito isso entro no tema que deu origem ao título do artigo.
Prezados leitores, vamos voltar ao artigo anterior, a matéria do G1 e extrair um trecho:
" (...)
Cabral solicita gravações.
O governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral solicitou ao governo da Bahia as cópias das gravações telefônicas, nas quais o cabo do Corpo de Bombeiros do Rio, Benevenuto Daciolo, planejava estratégias de deflagração de atos grevistas no Rio. As escutas foram exibidas no Jornal Nacional nesta quarta-feira (8).
Em nota enviada à imprensa, Cabral diz que seu objetivo "é que sejam tomadas as providências cabíveis para a manutenção da ordem pública no Estado do Rio de Janeiro".
Confira a íntegra da mensagem enviada por Cabral ao governador Jacques Wagner.
"Prezado Governador Jacques Wagner,
Tomei ciência pelo Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão, que o bombeiro militar do Estado do Rio de Janeiro, cabo Benevuto Daciolo, manteve conversas telefônicas, gravadas com autorização da Justiça, com diversos interlocutores, nas quais planejava estratégia de deflagração de atos grevistas no meu Estado que, se deflagrados, colocariam em risco a ordem pública.
A fim de que eu possa tomar as providências cabiveis para a manutenção da ordem pública no Estado do Rio de Janeiro, solicito que me sejam enviadas cópias de todas as gravações que tenham tido como interlocutor o bombeiro militar acima referido ou qualquer outro servidor do Estado do Rio de Janeiro.
Agradeço desde já a colaboração do Estado da Bahia na manutenção da ordem pública no Estado do Rio de Janeiro.
Abraços,
Sérgio Cabral (Fonte). 
Parece brincadeira, não parece?
Mas não é. Pode conferir no link, realmente existe uma carta de um governador pedindo a outro governador que forneça cópias de gravações de aúdios provenientes de escutas telefônicas autorizadas pelo poder judiciário ("A fim de que eu possa tomar as providências cabiveis para a manutenção da ordem pública no Estado do Rio de Janeiro, solicito que me sejam enviadas cópias de todas as gravações que tenham tido como interlocutor o bombeiro militar acima referido ou qualquer outro servidor do Estado do Rio de Janeiro").
Isso é uma desmoralização.
A lei 9296/96 foi jogada na lixeira.
O inquérito da Polícia Federal está sendo esculhambado e ninguém fala nada.
Será que o governador não sabe que a autorização do poder judiciário é para a feitura das gravações e não para a divulgação das conversas?
Não sabe que o que aconteceu no Jornal Nacional ofende à legalidade?
A fala do apresentador do Jornal Nacional leva o cidadão comum a entender que a revelação das escutas foi por ordem judicial, mas não é isso, muito pelo contrário, o delegado da Polícia Federal é o responsável da manutenção do sigilo, as conversações NÃO PODEM SER REVELADAS.
Será que o governador não sabe que os autos deverão ser encaminhados ao poder judiciário e ao ministério público?
Será que ele não sabe que como Chefe do poder executivo não lhe cabe tal solicitação ao governador do estado onde ocorreram os fatos?
Situações como essas explicam facilmente dois fatos:
1) O fato de eu ter sido preso ilegalmente no dia 03 FEV 2012, ter sido mantido preso ilegalmente por três dias e ainda, ter sido constrangido com a apreensão ilegal do meu rádio, meu celular, minha internet móvel e meu notebook; e
2) O fato de eu ter comunicado tudo isso ao poder judiciário, ao ministério público, à CGU, à Corregedoria Interna da PMERJ, entre outros órgãos e passados mais de 8 meses, NENHUMA INVESTIGAÇÃO foi instaurada.
É a desmoralização do estado democrático de direito.
Juntos Somos Fortes!

17 comentários:

Anônimo disse...

“ao militar são proibidas a sindicalização e a greve” (CF - art. 142, § 3º, IV)

Anônimo disse...

Afinal o Cel. Wanderby apóia ou não o movimento grevista?

A julgar pelo que escreveu agora em seu blog, vejo que já debandou pro lado do governo. Aliás, vejo que NUNCA esteve de verdade ao lado da tropa.

Sei que o sr. não publicará minha mensagem, mas difundirei esse necessário questionamento aos quatro ventos.

Anônimo disse...

Consegui extrair do site da CBN. Espero que seja útil.
Entrevista na CBN com Cabral 06/02/12
http://www.4shared.com/mp3/DwMrjpJH/060212_CBN_entrevista_Cabral_c.html

Comentário de Lucia Hippolito na CBN 08/02/12
http://www.4shared.com/mp3/cm5sMJZO/080212_CBN_Lucia_Hippolito_PEC.html

fayad disse...

Companheiros de fardas, quero deixar uma msg aki para vcs. Sou cetico e um pensador, nao tenho partido politico e nem pretendo. Quero deixar aki minha opinião. NÃO FAÇAM A GREVE! Em pouco tempo muita coisa melhorou na nossa corporação: aumento, diminuição do interstício, escala 24x72, etc.. sabemos que merecemos um salario inicial igual o de Brasila (4.500) porem com esse aumento, em 2014, chegaremos perto. O governo jah "fechou" com a globo, eh uma briga q nao sairemos vitoriosos e no final ira se resumir a anistia. Brigaremos, no dialogo, para a soltura do nosso amigo Daciolo.....apos, com dialogos, lutaremos pela pec300, novo rdpm, fim do rancho, etc....ESSA GUERRA NAO VENCEREMOS!! EH UMA BRIGA DESLEAL...E VAMOS SER SINCEROS, COM O AUMENTO DO AUXILIO MORADIA...O SALARIO INICIAL DE UM SOLDADO COM 3 ANOS CHEGARA PROXIMO A 2.500 (com etapa e gratificaçao). PENSEM!!!!! vamos dar mais tempo ao nosso cmt geral...OBS: NÃO SOU MEDROSO E NÃO ESTOU ME ACOVARDANDO SÓ QUERO DEIXAR AKI MINHA OPINIÃO BASEADO NOS FATOS E NO REALISMO. Nao se iludam com discurso aclamado, pensem em suas familias.

CB FAIAD

“De recuo em recuo, vamos acabar surpreendendo o inimigo pelas costas”
Oficial do Exército Português

SGT PM Marcus Saldanha disse...

Esse é mais um motio para todos esteja presente hoje as 18:00 na cinelância e gritar a plenos pulmões que nós queremos dignidade, se será dessa forma que resolvera o problema, certo que com vida eu estiver até lá me ferei presente. É isso, isso, isso,

Anônimo disse...

nada mudou,ele nao falou nada demais,atencao mp,atencao comissao dos direitos humanos da alerj,hoje e o grande dia,por mim eu parava agora,eles estao desesperados

Anônimo disse...

Companheiros,nada mudou!!!Como bem diz nosso amigo CABO BENVENUTO DACIOLO....Teremos que fazer nosa manifestação sem ele,porem,não tem emissora de tv ,por mais poderosa que seja,maior do que DEUS!!!E aqui no RJ é ele quem está no comando!!!Os guerreiros da Bahia acabaram de se entregar..mortos de fome e vencidos pelo cansaço...porem chegou a hora do RJ!!!Vamos todos a cinelandia hoje as 18;00,mostraremos ao mundo que nossas reivindicações são legitimas e que nosso movimento é manso,pacifico e ordeiro...Deixemos a truculencia contra o povo a cargo desses desgovernos,mentirosos e dessa midia manipuladora que ai está.Dinheiro pra emprestamos ao FMI nós temos,dinheiro pra copa do mundo e olimpiadas tambem,só não existe dinheiro e boa vontade de negociar com os cidadãos de bem da segurança publica do pais...é vergonhoso sr.Governador!!!!É vergonhoso sra. Presidente!!!!

Anônimo disse...

Caro amigo Cel Paul, vemos por esses atos convenientes (ou seriam coniventes?)que o equilíbrio dos poderes serve apenas para quem está no poder. A quem o poder institui como inimigo ou desprezado todo o poder deixa de ser equilibrado e se volta para um só lado da balança, tornando assim o jugo desigual, conhecemos de muito tempo a lei: Aos amigos as benesses, aos indiferentes literis e aos inimigos o rigor. Cabe ressaltar que que as covardias praticadas pelo desequilíbrio ficam no mar do esquecimento e mesmo com recursos impetrados, esses não são julgados e prescrevem. Jamais na época da dita ditadura militar se viu tanto escândalo como agora, alguns podem até dizer: _Antes não era permitido falar. Certo, mas havia controle, pois todos conhecem a administração militar, havia o mínimo de respeito a dignidade humana e social, hoje o que se vê são esses descalabros, vergonhas nacionais envolvendo todo tipo de corrupção dos "amigos dos amigos", isto sim é que é facção criminosa, talvez se houvesse da parte do MP, a resposta das covardias governamentais pelos seus excessos, pudéssemos nos sentir aliviados depois, pois foi feita justiça, o fiscal da lei viu o que foi feito comigo, não foi partidário ou negligente, mas nós sabemos como funciona, infelizmente. Que um dia meu irmão, posso chama-lo assim sem constrangimento, pois temos o mesmo sangue, tanto vermelho quanto azul, indiferente a hierarquia, pois agora juntos somos fortes e creio que com alguns homens de caráter e personalidade que respeitam e por isso são respeitados essa distancia nunca existiu, pois a cabeça sempre esteve junto do corpo, o problema é quando a vaidade e os interesses sobem a cabeça e ela se separa do corpo. Voltando ao assunto (perdoe o desabafo), no Estado Democrático de Direito, não precisamos de influência, nem de facção de amigos para ver nossos direitos garantidos pois todos são iguais perante a lei, então o senhor está certo, não vivemos em um Estado democrático de direito e sim em uma ditadura conveniente, conivente, corrupta e imoral!P.S: Aos covardes por favor recolham-se a sua covardia e nem se pronunciem. Anônimo por enquanto.

cidadã disse...

Marionetes é oque me faz pensar ao ler e assistir certas coisas, contra fatos nãO HÁ ARGUMENTO SENHORES e o desenrolar da coisa me faz pensar que todos na parte de cima estão no jogo ,sem cartas boas ,mas ainda assim tentam blefar com curinga é uma vargonha, todos vamos estar dia 9 na cidelândia.Senhores não percam sua razão,não fale palavras que possam fazer vc perder seus direitos,vai estar cheio de gente infriltrada, sejam inteligente como até agora os seronhes são, meu sincero abraço e honra a todos brasileiros da segurança pública.

Anônimo disse...

Cabral, olha aqui, sabe porque os profissionais da segurança pública se sujeitam aos riscos e aos desgastes de uma greve? Porque o desespero já tomou conta de todos nós, a nossa alma perdeu a paciência. Nas circunstâncias em que estamos, não faz mais diferença continuar ou não como um profissional da área da segurança. Enfim, o movimento grevista é um ato extremo pelo qual somos levados a optar para por fim a situação em que vivemos. E com uma vantagem, levado pelo intransigência do governo Cabral, seria a única opção que vemos para mudar a vida para melhor. Povo brasileiro e do Rio de Janeiro, tem como ser um profissional que presta um serviço de qualidade ganhando mum salário tão miserável, levando em conta, ainda, os riscos de vida e a essencialidade do serviço? Senhores Governadores, Senadores, Deputados Federais e Estaduais, olhem a SEGURANÇA PÚBLICA com mais carinho, mas um aviso, do jeito que está esse carinho terá que ser 1000% superior, tamanha a gravidade do problema, porque os profissionais dessa área, com o tratamento que recebem no Brasil, principalmente aqui no RJ, SÃO POBRES E MISERÁVEIS.

Cap PM Revoltado

Anônimo disse...

ALGUÉM ALERTE IMEDIATAMENTE AOS PPMM QUE ESTÃO NA MANIFESTAÇÃO EM JAPERI, ISSO É PROBLEMA DA SUPERVIA E DE QUEM RECEBE $$$$ POR ISSO, OS TRABALHADORES NÃO SÃO CULPADOS ARMADILHA PARA NOS JOGAR CONTRA A POPULAÇÃO! EVITAM PROVOCAÇÃO E CONFRONTO. ALERTEM JÁ!

Anônimo disse...

Para conhecimentos de todos:
Hoje a meia noite o expediente do BPVE terá início. É ISSO MESMO, EXPEDIENTE MEIA NOITE!!!!!! Segundo o Cmt daquela unidade é ordem do Cmt Geral, não se trata de prontidão e sim início de expediente. Quem irá tomar uma providencia contra esse absurdo?

eleitora disse...

Isso é triste ,o Sergio cabral conduzir os trabalhos na casa do povo ,fazendo cerco ,como se o dono daquele lugar fosse ele e pior ninguem diz ou fez nada, isso me cheira Mensalão.

Anônimo disse...

Não se enludam senhores da segurança publica , esses mimos do Cabral que o faz parecer um Grande gestor é só no momento, depois que a pueira baixar e ele poder respirar, teram volta disso ,não comerorem,lembre ele é um articulado e manipulador, agora é a hora do balança , ta bom para vcs assim? muito bem. Ta ruim ,então para de atrapalhar e junte se a tropa pela sua sincera dignidade.

Celem celem disse...

Quem ensinou a fazer greve foi o LULA, hoje eles não gostam deste veneno.

Alexandre, The Great disse...

Pois bem, Cel Paúl: pelo que o sr deixa claro no seu artigo, NÃO EXISTE atualmente o Estado Democrático de Direito; haja vista que autoridades constituídas - governadores, delegados de polícia, juízes - não cumprem as leis. Este imbróglio nos remete ao Estado Anárquico, pior que o Despótico, pois cada um faz o que quer ao contrário do segundo que APENAS UM faz o que quer.
Por conseguinte, numa ANARQUIA, não há como se manter a ordem, face a ausência de um ordenamento de fato(embora exista um "de direito").
Diante deste quadro - gravíssimo, forçoso dizê-lo - os PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA não tem outra alternativa senão... CUMPRIR A LEI. Não agir igual aos seus superiores e altos escalões do Estado e da República, mas ESTRITAMENTE NO CUMPRIMENTO DAS LEIS, resguardando a vida e o patrimônio da sociedade à qual juraram proteger MESMO COM O SACRIFÍCIO DA PRÓPRIA VIDA. Isso não significa, em hipótese alguma, submissão aos governantes, ao contrário, contra eles devemos agir EM DEFESA PRÓPRIA E DA SOCIEDADE!
JSF

Anônimo disse...

"CB FAIAD
“De recuo em recuo, vamos acabar surpreendendo o inimigo pelas costas”
Oficial do Exército Português."

OK, agora conta uma do papagaio, vai...