quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

POLICIAIS CIVIS - SINDPOL - CONVOCAÇÃO.

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA
O SINDPOL RJ – Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Rio de Janeiro vem, através do presente edital, convocar regularmente a categoria policial civil para a Assembléia Geral Extraordinária que fará realizar em 08 de Fevereiro de 2012, 4ª feira, às 18h30min em 1ª Convocação e 19h00min em 2ª e última convocação, no Salão Imperador do RIO’S PRESIDENTE HOTEL, situado na Rua Pedro I, 19, Praça Tiradentes, Centro, Rio de Janeiro, RJ, a fim de, conforme previamente definido na AGE de 08 de Novembro de 2011, apreciar e deliberar sobre os seguintes assuntos:
1. Movimento reivindicatório conjunto PCERJ, CBMERJ e PMERJ.
2. Deliberar e decidir sobre INDICATIVO DE GREVE para o dia 10.02.2012.
Rio de Janeiro, 30 de Janeiro de 2012.
Carlos de Moraes Gadelha de Vasconcellos
Presidente do SINDPOL RJ
SINDPOL RJ:
Reforçamos a necessidade do comparecimento de todos os policiais civis na Assembleia Geral Extraordinária do SINDPOL RJ do dia 08.02.2012.
Em verdade, a AGE é uma formalidade legal que precisa ser cumprida pelos policiais civis e, outrossim, é o ambiente democrático onde deliberamos e decidimos os pleitos dos policiais civis do Estado.
Não obstante, informamos que haverá uma Reunião Geral no dia 09.02.2012 com os representantes de todas as categorias da segurança pública, a saber, policiais civis, militares e bombeiros. A reunião acontecerá na CINELÂNDIA, por volta das 18h00min.
Juntos Somos Fortes!

5 comentários:

Anônimo disse...

ARTIGO 147 DO CÓDIGO PENAL - Decreto Lei 2848/40

CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940

Art. 147 - Ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e grave:
Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.
Parágrafo único - Somente se procede mediante representação.

http://www.jusbrasil.com.br/legislacao


ASSÉDIO MORAL: Violência Contra o Trabalhador

Humilhação e discriminação sustentam essa prática perversa

Como acontece o Assédio Moral

A prática é reconhecida por diversos órgãos como a Organização Mundial de Saúde (OMS) que a define como “o uso deliberado de força e poder contra uma pessoa, grupo ou comunidade que causa danos físicos, mentais e morais através de poder ou força psicológica gerando uma atitude discriminatória e humilhante”.

fonte: http://www.sinfarmig.org.br/noticias.php?&id=881

SGT PM Marcus Saldanha disse...

Caros Companheiros, fomos chamados temos um dever a cumprir, todos os policiais e bombeiros do amado RJ, foram convocados a cumprir um árdua missão, missão dada pelo Sr. Governador Sergio Cabral ou seja deixar desguarnecido o amando estado, e para nós missão dada é missão cumprida, e é com muito pesar que no dia 10/02 deixaremos de estar cumprir nossa sagrada missão de servir e proteger o povo do est.rj, o Governador se coloca acima do bem e do mau, mostrando ser uma pessoa arrogante e prepotente espera sub julgar todos os trabalhadores da SSP através dos seus subordinados diretos, que recebem polpudas gratificações para nos manter na condição análoga da miséria, sob pena de um Regulamento Disciplinar arcaico e covarde, que se contrapõem a CF/88, somos livres para nos manifestar e cobrar salários dignos pelos nossos serviços prestados ao estado, as vezes com a própria vida, não concebo a ideia de continuarmos a ser tratado como numero e estatística para o estado, somos cidadãos e merecemos respeito de todos em especial daquele que encontra-se chefe do executivo, digo encontra-se pois nós somos todos parte de estado através de concurso publico. Em 2014 esse Sr. só terá no estado uma foto na parede do palácio Guanabara e nós continuaremos aqui a defender o estado. Por isso convoco todos os bravos e honrados que compõem a SSP para que no dia 10/02 diga a ele que estamos aqui, ficaremos aqui e queremos respeito. Quando ele envia seu secretário para assembleia legislativa e diz que é esse o aumento que ele vai dar, esta no convocando para guerra e a guerra e o terreno que mais conhecemos, pois a vivenciamos todos os dias, Meus bravos chegou a hora de mostra se somos homens de fibra e coragem, ou ratos que são os primeiros a abandonar o navio quando ele esta adernando. No dia 10/02 vamos saber quem é homem e quem é rato. Dito isso nem um passo daremos atrás.

Anônimo disse...

faço minhas as suas palavras SALDANHA....dia 10 o bombeiro vai bradar e nós vamos urrarrrrrr!!!!!!!

SGT PM Marcus Saldanha disse...

MAQUIAVÉL ( Maquiavélico ) Leiam com atenção
Companheiros, a ler a reportagem sobre a nova proposta do Governador, só serve para reafirma a minha convicção que ele esta apostando na ignorância dos servidores da SSP, com certeza o livro de cabeceira do Sr. Sergio Cabral foi Maquiavel, onde se ensina que para governar melhor é dividir todos, é justamente isso que ele tenta fazer ao oferecer a equidade no aux. Moradia, posto isso uma vez que ficou provado no dia 29/01 que a maioria dos presentes na manifestação era novos servidores, ele acena com o forte propósito de desestimular sua adesão ao movimento, porém ele esquece que os servidores mais novos entram com outra mentalidade, eles não querem ser estatísticas bem como ser mais um a ter seu assento garantido no BEP, eles buscam uma carreira digna que lhes possam proporcionar um futuro, almejam ser parte do futuro da segurança do estado, mais não como espectadores e sim como parte atuante em um processo de evolução e melhora para sociedade que os abriga. O intuído de prepara homens pra guerra é para que se mantenha a PAZ, e hoje o engajamento de todos é muito importante para que se tenha um futuro assegurado. Rogo a vcs que não se deixem levar pelo cafezinho, arrego, agrado e outras coisas que contaminaram a SSP RJ, façam a diferença e digam aos mais antigos que não temos a capacidade de voltar e fazer um novo começo, porém podemos de escolher o nosso final. Por isso conclamo aos Policiais e Bombeiros militares a dizer ao Governador no dia 10/02 qual será o nosso FINAL, pois temos o direito de voltar a dizer dignamente qual a nossa profissão nos quadros do Est.RJ. O homem não pode esperar que ninguém o valorize se ele não se valorizar primeiro. Vamos dizer não a proposta do Governo, criar uma comissão tripartite para discutir o RD e que essa comissão seja permanente para buscarmos o equilíbrio social dentro das instituições, e no mínimo que à aplicação do subsidio seja de acordo com a apresentada ao Governo do Paraná; já que o Secretário de segurança aproveitou para na reportagem do jornal o DIA de 02/02 divulgar que vai junto com uma comissão percorrer alguns estados para aprender como se paga dignamente uma categoria. ( não é necessário esta na internet) É isso, isso,isso pois juntos somos muito forte.

Anônimo disse...

enquanto isso os pms e bombeiros do ESPÍRITO SANTO se mobilizam e já se encontram em estado de greve por melhores salários...e olhe que um soldado da PMES e CBMES ganha quase R$2.500,00....NO RIO DE JANEIRO POLICIAIS E BOMBEIROS NÃO PODEM GANHAR MENOS QUE NOS OUTROS ESTADOS DO SUDESTE...É INADIMISSÍVEL....ACORDA GOVERNADOR!!!!