domingo, 5 de fevereiro de 2012

CORONEL PAÚL: SERÁ QUE TEREI QUE SER ASSASSINADO PARA QUE O GOVERNO SÉRGIO CABRAL (PMDB) RESOLVA INVESTIGAR?

Peço desculpas pelo título fatalista do artigo, mas estou ficando cansado de ser tratado com um meio cidadão por esse governo.
Primeiro, isso no ano de 2008, o governo Sérgio Cabral me exonerou, me deixou sem função, sem gratificação e cortou dois anos da minha carreira, me aposentou (inatividade) compulsoriamente, violando até o direito adquirido. Entrei com uma ação contra o Estado e esperarei anos e anos para obter uma decisão, seja ela favorável ou não.
No dia 03 JUN 2011, o comandante geral anterior (governo) me difamou na presença de Praças e Oficiais, me prendeu e me manteve preso ilegalmente por três dias. Além disso, cerceou meu direito à propriedade e minha liberdade de expressão, acautelando meu celular, meu rádio, meu notebook e minha internet móvel. Denunciei em vários órgãos públicos, dentre eles o Ministério Público e a Corregedoria Geral Unificada, apresentando Coronéis PM e um Tenente PM como testemunhas, além de prova documental. Reiterei as comunicações. Oito meses se passaram do fato e nenhuma investigação foi instaurada. Dias atrás li que o governo Sérgio Cabral (PMDB) pretende nomear o ex-comandante geral para uma função na SESEG/RJ. Vou entrar com nova ação contra o Estado.
Na época também denunciei a “armadilha” do governo contra os Bombeiros, apresentando um vídeo como prova de todas as “omissões” governamentais. Apesar de ter denunciado inclusive aos chefes dos poderes legislativo, judiciário e ao chefe do ministério público, nenhuma investigação foi instaurada.
No dia 13 JAN 2012, o atual comandante geral (governo) também me ofendeu duramente na presença de dezenas de Praças. Adotei os procedimentos legais, apresentando testemunhas e aguardo a instauração da investigação.
Penso que terei que recorrer a um organismo internacional de preservação dos direitos humanos, diante da inércia do governo Sérgio Cabral (PMDB) em investigar crimes praticados contra mim e a sua eficiente ação para preservar seus aliados.
Juntos Somos Fortes!

28 comentários:

Anônimo disse...

Reportagem do JB (Realidade dos Policiais Brasileiros)

04/02 às 23h11 - Atualizada em 04/02 às 23h17
Onde está a insegurança e a segurança no Brasil

Jornal do Brasil Leonardo Boff
Publicidade
No Brasil não há crise segurança para o sistema do capital, para as finanças, para os bancos, para os credores da dívida pública, para os poderosos que se cercam de seguranças privados.

Mas não há segurança para aqueles que são responsáveis pela segurança pública: os policiais militares. Pelo fato de não terem a segurança de um salário decente, de condições de trabalho adequadas e de trato digno por parte do poder público se rebelam como aconteceu neste ano no Ceará e agora na Bahia. Com os humilhantes salários que recebem, pouco mais de dois mínimos, que segurança podem dar a suas famílias que tem que pagar aluguel, escola, transporte, luz, agua e alimentação?

A responsabilidade maior pela insegurança pública que se instalou em razão da greve dos policiais militares, com assassinaatos e depredações, deve ser tributada principalmente ao poder público que não soube ouvir e dialogar de verdade e não retoricamente, antecipando-se aos fatos lamentáveis.

Que diálogo e negociação são possíveis e criveis quando se responde com a arma da violência, pondo militares contra militares? É uma estratégia da ignorância política e da prepotência, totalmente ineficaz porque agrava ainda mais o problema em vez de encaminhar uma solução. Por que não se aprova a PEC 300? Os governos federal e os estaduais se uniram para protelá-la e esvaziá-la.

Usem os 60 bilhões de reais, subtraidos do orçamento, para aumentar os salários deles, ao invés de dar segurança aos credores. O que conta mais, as pessoas ou os dinheiros ricos epulões? Esse dinheiro do povo é para servir ao povo garantindo-lhe segurança confiável e respeitosa. Seguindo esta indicação do bom-senso se acabam as rebeliões e os policiais terão a paz e o sossego necessários para desempenhar com sentido público e com honradez a sua alta e arriscada missão.

* Ecoteólogo e escritor

Anônimo disse...

Coronel Paúl esse é o celular de Marcos Prisco Lider da greve da PMBA (71)86369923, por favor nos ajude.

Anônimo disse...

"NÃO SE DEIXE LEVAR PELA DISTÂNCIA ENTRE SEUS SONHOS E A REALIDADE. SE VOCÊ É CAPAZ DE SONHÁ-LOS, TAMBÉM PODE REALIZÁ-LOS". (WILLIAM SHAKESPEARE)

Anônimo disse...

"Em caso de alguém ser processado por motim, pode ser usada uma tese certeira, a qual exclui a CULPABILIDADE, não a ANTIJURICIDADE DA CONDUTA, que se dá o nome de INEXIGIBILIDADE DE CONDUTA DIVERSA, que, sintetizando, significa dizer que "qualquer pessoa que estivesse na mesma situação do PM, também incidiria na conduta, ou seja, na greve, porque com esse salário miserável que ele recebe no RJ não teria mesmo outra saída, a não ser virar ladrão, mas isso não pode."
(Francismérico da Silva Trancoso - Adv. Criminalista)

Adilson Bandeira - Cap BM disse...

Não desanime Cel, nunca estará sozinho, caso isso aconteça, outros Paul virão, é melhor uma vida cheia de lutas, do que viver no sofá como espectador.

Anônimo disse...

Poderia ser feito um Novo Decreto idêntico ao DECRETO Nº 39.109, DE 04 DE ABRIL DE 2006 (sobre PROMOÇÕES), para a PMERJ, com base na isonomia e em observância ao princípio da equidade, pois os BMs e os PMs pertencem à mesma categoria.

O Interstício mínimo dos PMs concludentes do CFS deveria ser:
04 (quatro) anos de permanência na graduação de 3º Sargento;
03 (três) anos de permanência na graduação de 2º Sargento;
02 (dois) anos de permanência na graduação de 1º Sargento.

Não pode o PM promovido por tempo de serviço (SGT juruna) levar a melhor sobre o Sargento concursado (SGT "de curso")! Isto é um ATENTADO À HIERARQUIA e DESMOTIVA os melhores profissionais, nivelando a tropa por baixo!

Anônimo disse...

O JOGO ESTÁ SE REPETINDO O CABRAL ESTÁ INCITANDO A MASSA DO MOVIMENTO PARA USAR A REDE GLOBO E AS OUTRAS MÍDIAS COMPRADAS PELO SISTEMA POLÍTICO QUE ESTAMOS VIVENDO MOMENTANEAMENTE E DEPOIS VAI QUERER JOGAR O POVO CONTRA NÓS.
ESTÁ MUITO CLARO POIS ELE SABE QUE O MOVIMENTO VOLTOU.
OS LUTADORES SABEM QUE EM UMA LUTA VOCÊ DEVE USAR A FORÇA DO OPONENTE CONTRA ELE MESMO E É ISSO QUE ELES ESTÃO FAZENDO DE NOVO.
LEMBREM-SE NÃO TEMOS O POLITIQUEIRO DO LULA, ELE É VASELINA, E A DILMA NÃO VAI NOS AJUDAR, PELO CONTRÁRIO, AS FORÇAS ARMADAS COM SEUS GENERAIS QUE NÃO TEM O QUE FAZER A MUITO TEMPO, ESTÃO DOIDAS PARA ACABAR COM OS MOVIMENTOS PELO BRASIL; ELES ESTÃO COM MEDO DE QUE AS FORÇAS ARMADAS COMECEM A SE DOER POR SALÁRIO DIGNO TAMBÉM.
MEUS AMIGOS CUIDADO ELES ESTÃO PREMEDITANDO QUE IREMOS COM TUDO.
NO DIA 10 AS FORÇAS ARMADAS ESTARÃO NO CENTRO ESPERANDO O MOVIMENTO. ISSO É QUASE CERTO.
A DILMA NÃO QUER PERDER.
QUEM QUER?

Anônimo disse...

É Cel. Não Investigaram o atentado ao Ricardo Gama, nem o que o senhor passou, nem o que os bombeiros passaram no quartel central com o BOPE.
Sérgio Cabral investe pesado quando o assunto é deixar quieto assuntos que lhe mancharão ainda mais a sua imagem, bem como, em propaganda enganosa.
Infelizmente não estamos vendo atitudes nem por parte do Ministério Público, já que por parte de Cabral e seus comparsas bem sabemos as suas respostas.

Qual a solução para isso?

jcgarces disse...

JÁ COMEÇARM AS PRISÕES NA BAHIA.

ACHO QUE ESSA GREVE NO RIO DEVE SER ANTECIPADA , POIS O GOVERNADOR ESTA RINDO E FAZENDO PIADINHAS DA NOSSA CARA, ELE NÃO VAI DAR NADA.

ABRAÇOS.

Anônimo disse...

A PMERJ e o CBMERJ precisam de mais de 100% de aumento!

Salário Mínimo Necessário (DIEESE), capaz de atender às necessidades vitais básicas: R$ 2.349,26.

Amparo legal: Constituição da República Federativa do Brasil, artigo 7º, inciso IV.

http://www.dieese.org.br/rel/rac/salminMenu09-05.xml

Anônimo disse...

SITUAÇÃO DE BOMBEIROS E POLICIAIS MILITARES - RJ

SUBTEN - SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE;

1º SGT - SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE;

2º SGT - SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE;

3º SGT - SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE;

CABO - SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE;

SOLDADO - SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE.


ATÉ MARÇO DE 2003, O SOLDO DO SOLDADO, DA POLÍCIA MILITAR E DO CORPO DE BOMBEIROS DO RIO DE JANEIRO, ERA SUPERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE.

Anônimo disse...

05/02/2012 às 6:29
QUANDO LULA E JAQUES WAGNER PROMOVIAM A BADERNA NA BAHIA. OU: PRÁTICAS CRIMINOSAS

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/quando-lula-e-jaques-wagner-promoviam-a-baderna-na-bahia-ou-praticas-criminosas/

Anônimo disse...

sábado, 4 de fevereiro de 2012
O PT APOIOU A GREVE DA PM NA BAHIA, CONTRA O GOVERNADOR DO PFL e AGORA QUEREM CADEIA para os policiais militares!
Líder da PM baiana diz que governador já financiou greve

O presidente da Associação de Policiais, Bombeiros e seus Familiares da Bahia (Aspra), soldado Marco Prisco - apontado também como líder da greve na Bahia - afirmou que o governador Jacques Wagner, quando ainda era deputado federal, participou com outros parlamentares do PT e de partidos da base do esquema de financiamento da paralisação dos policiais militares do estado em 2001.

À época, segundo Prisco, o Sindicato dos Químicos e Petroleiros da Bahia, que tinha na direção o atual presidente da Petrobras, Sergio Gabrielli, alugou e cedeu seis carros para garantir a greve na Bahia, onde diz que foi perseguido e ameaçado de prisão pelo então governador carlista Cesar Borges.

"O motorista que me levou para Brasília era um funcionário do sindicato, Nelson Souto. Na capital, foi recebido pelo então senador petista Cristóvam Buarque", declarou prisco em entrevista ao portal oglobo.com

Prisco disse que, além de Jacques Wagnes, teriam apoiado e contribuído para a greve de 2001 os parlamentares Nelson Pellegrino (PT), Moema Gramacho (PT), Lídice da Mata (PSB), Alceu Portugal (PCdoB), Daniel Almeida (PCdoB) e Eliel Santana (PSC). Segundo ele, a ajuda garantiu a estrutura necessária ao movimento, incluindo o fornecimento de alimentação para os grevistas.

LEIA A REPORTAGEM DE 2001
Lula diz que governo da BA ''articulou arrastões'' em greve da PM
"Além de falar muita besteira, Lula demonstra que está completamente desinformado. Foram deputados petistas que insuflaram a greve e, depois, quando perceberam que o movimento estava fora de controle, procuraram o governo para abrir um canal de negociação."
O líder petista Luiz Inácio Lula da Silva acusou hoje, em Santa Maria (RS), o governo da Bahia de ter provocado a violência, saques e arrastões durante a greve da Polícia Militar para que os grevistas encerrassem o movimento.

FOLHA UOL - LEIA AQUI

http://coturnocarioca.blogspot.com/2012/02/o-pt-apoiou-greve-da-pm-na-bahia-contra.html

Anônimo disse...

CHEGA DE SALÁRIOS INDIGNOS E INCOMPATÍVEIS COM A IMPORTÂNCIA E A RESPONSABILIDADE DO SERVIÇO POLICIAL MILITAR!

Anônimo disse...

ATENÇÃO POLICIAIS E BOMBEIROS

04/02/2012 15:26
AS LIÇÕES DA GREVE DA PM NA BAHIA

Reprodução do Globo online
******

Não sou dono da verdade, mas tenho bagagem política suficiente para fazer dois alertas. Um para os policiais civis, militares e bombeiros que marcaram uma greve geral para o dia 10 de fevereiro e outro para Cabral, embora esse todos saibam que não dará ouvidos.

Prestaram bem atenção na manchete da capa do Globo online, “Polícia x Povo”? Os policiais e bombeiros do Rio precisam ter muita serenidade e serem vigilantes para evitar que aconteçam cenas como a que assistimos na televisão, de PMs, em Salvador, encapuzados e levantando armas parando ônibus e interditando ruas. Qualquer ato impensado aqui no Rio, estejam certos, com o esquema que Cabral tem com a mídia, provocará um massacre nos noticiários e a população será jogada contra o movimento. Hoje a população do Rio está apoiando a luta de policiais e bombeiros, isso é fundamental para o sucesso do movimento e da greve.

Cuidado com infiltrações no movimento. É preciso serenidade e agir seguindo os protocolos da contra-inteligência, mas isso os policiais e bombeiros conhecem melhor do que eu. Os tiros disparados de madrugada contra agências bancárias em Salvador, tanto podem ter sido disparados por policiais militares revoltados sem bom senso, como pode perfeitamente ser um ato de sabotagem ao movimento grevista para jogar a população contra e deixar todo mundo em pânico. Não se esqueçam que Cabral é covarde, joga sujo e não tem escrúpulos. É capaz de tudo e conta com o apoio da mídia. Tudo o que Cabral quer é um ato de vandalismo, e nem precisa chegar perto do que aconteceu em Salvador. Por isso, repito que mais do que nunca é preciso serenidade e vigilância para que os policiais e bombeiros não percam o apoio da população.

Quanto a Cabral deveria ver o exemplo de seu colega governador da Bahia, Jaques Wagner (PT). Assim como Cabral não quis dialogar, nem aceitou negociar. Podia ter evitado a greve, mas pagou pra ver. Ontem, diante do caos, não teve outra alternativa a não ser ir para a televisão dizer que aceita dialogar. Os policiais civis, militares e bombeiros estão aí tentando negociar, querendo dialogar e Cabral ignora tudo, e ainda manda os comandantes da PM e dos Bombeiros, assim como a Chefe de Polícia Civil, endurecer com seus comandados. Está puxando a corda, depois não adianta reclamar na hora que arrebentar.

http://www.blogdogarotinho.com.br/lartigo.aspx?id=10064

Anônimo disse...

Greve, segundo Aurélio Buarque de Holanda Ferreira in Novo Dicionário da LínguaPortuguesa, 2ª edição, ED. Nova Fronteira, 1986, Pág. 868, significa “recusa,resultante de acordo de operários, estudantes, funcionários, etc., a trabalhar oucomparecer onde o dever os chama, enquanto não sejam atendidos em certasreinvidicações parede”.

A Lei nº 7.783/89, que regulamenta o direito de greve para os trabalhadores celetistas, traz a definição de greve em seu artigo 2º, nos seguintes termos:

Art. 2º - Para os fins desta Lei, considera-se legítimo exercício do direito de greve a suspensão coletiva, temporária e pacífica, total ou parcial, de prestação pessoal deserviços a empregador.”

Assim, pode-se definir greve, no serviço público, como uma manifestação dos servidores que caracteriza-se pela paralisação coletiva, parcial ou total, das atividades funcionais, como forma de pressionar a Administração, no intuito dedefender seus interesses, buscando melhorias nas condições de trabalho, bem como, uma remuneração justa.
I - DA PREVISÃO CONSTITUCIONAL1.1 De início convém destacar que a greve do servidor público está prevista na Constituição Federal em seu art. 37, inciso VII, senão vejamos:

Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União,dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao

seguinte: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)(...)VII - o direito de greve será exercido nos termos e nos limites definidos em lei específica (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)”
1.2 Apesar da Constituição determinar que a greve no serviço público deva ser regulamentada, essa regulamentação é de competência tão somente do Poder Legislativo, não podendo qualquer outro ato normativo do Poder Executivo regular oulimitar o exercício de tal direito.1.3 O dispositivo constitucional supracitado deve ser interpretado, dentro do estritodomínio da razoabilidade, ou seja, o direito de greve dos servidores públicos será exercido nos termos e limites definidos em lei, e que, portanto, enquanto a lei nãodefine esses termos nem fixa esses limites, a greve no serviço público é praticável tal como ela o é pelos trabalhadores em geral

Anônimo disse...

Cel. Paul. Acompanho seu blog diuturnamente e vejo o quanto é importante a luta de vocês Policiais e Bombeiros. Sou militar da Aeronáutica e gostaria de te pedir, creio que seria importante todos saberem, que você colocasse em sua página principal o comentário de um oficial na matéria (OPERAÇÃO TOLERÂNCIA ZERO (OPERAÇÃO PADRÃO) - DIFICULDADES - UMA OPINIÃO (Anônimo 04 FEV 2012 - 21:37h). Isso para que todos vejam o que está sendo articulado nos bastidores do Governo em desfavor de vocês. Gostaria que esse Oficial mostrasse quem realmente é, mas entendo que se o fizer será pisoteado por seus superiores. Parabéns pelo seu blog e gostaria que todos soubessem que vocês não estão sozinhos. Certamente milhares de militares das Forças Armados estão juntos com a causa de vocês, afinal todos somos militares e devemos sempre andar juntos. Atenciosamente. CAP AV MOTTA.

Anônimo disse...

PMs DECIDEM MANTER GREVE NA BAHIA

Mesmo com presença do Exército, número de mortes chega a 80 desde o início da paralisação. Justiça decreta prisão de líder dos grevistas

Militares patrulham centro histórico de Salvador (Lúcio Távora / Ag. A Tarde)

Os policiais que fazem greve desde terça-feira passada na Bahia anunciaram neste domingo que manterão a paralisação para reivindicar melhorias salariais, apesar da onda de violência que se espalhou pelo estado, que já registrou 80 homicídios durante o período.

Leia também: Apesar do Exército, onda de violência persiste na Bahia

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, 15 pessoas foram assassinadas somente em Salvador no sábado e, até agora, o número de mortes de domingo chega a oito. Além dos homicídios, houve saques e outros atos de vandalismo em dezenas de estabelecimentos comerciais, além de 41 roubos de carro.

Ontem, o governador da Bahia, Jacques Wagner, atribuiu muitas dessas desordens aos próprios policiais e disse que não discutirá as reivindicações trabalhistas até que os grevistas encerrem a paralisação. Wagner recebeu o apoio do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que visitou Salvador neste sábado e advertiu que os líderes do movimento podem ser presos por liderarem um protesto que considerou "inaceitável".

Grevistas - Porém, o presidente da associação de policiais que organiza a medida de força, Marco Prisco, afirmou neste domingo que a paralisação seguirá até que o governo do estado aceite negociar as exigências, que incluem aumento salarial próximo a 30% e melhorias nas condições de trabalho. "A palavra é negociação", disse Prisco aos jornalistas no prédio da Assembleia Legislativa da Bahia, parcialmente ocupado pelos policiais em greve desde terça-feira.

Lúcio Távora/AG

Marco Prisco, líder dos PMs grevistas, disse que greve continua até haver negociação
A Justiça decretou a prisão de Prisco e outros 11 líderes do movimento, considerado ilegal, mas o porta-voz dos grevistas garantiu que não se entregará até que seja aberta uma negociação sobre os salários dos policiais.

Exército - Salvador e outras cidades da Bahia seguem com a segurança reforçada por 2.600 soldados do Exército, que receberão o reforço de outros 400 homens vindos do Rio de Janeiro. Contudo, a presença do Exército não impediu a onda de violência nas zonas periféricas de Salvador e na região metropolitana, onde foram registrados os recentes casos de homicídio. A greve preocupa as autoridades locais não só pela insegurança nas ruas, mas também pelo possível impacto econômico, já que Salvador espera milhares de turistas para o Carnaval.

(Com agência EFE)

http://veja.abril.com.br/

Anônimo disse...

É hora de começar a primavera BRASILEIRA ...chega de ROUBALHEIRA da CORJA PETISTA...começem trazer a classe MÉDIA para as passeatas ( viram as faixas vermelhas nos prédios em copacabana ? ) os militares das Forças Armadas também estão insatisfeitos com Dilma e corja , prá eles aderirem é facil...esse movimento vai se espalhar pelo Brasil, vc POLICIAL , BOMBEIRO, POPULAÇÃO CIVIL E MILITARES DAS FORÇAS ARMADAS, nós trabalhamos para sustentar uma república de bandidos que se instalou no Brasil, vide a boa vida do cabral...a hora é agora...não seja um Oficial ou Praça covarde...que legado de país deixaremos para nossos filhos...??!!

P.S E quanto ao ANONIMATO aqui no blog? deixemos assim, é bom eles não saberem de onde sai o TIRO DO SNIPER...heheheh...

Anônimo disse...

Já prenderam o primeiro PM na BAHIA...fonte: O GLOBO ON LINE...!!! Rio de Janeiro pára geral em solidariedade..!!!...divulguem começam a ligar para todos...!!

Anônimo disse...

A guerra já foi declarada e, se "amarelarmos", seremos motivo DE CHACOTA NACIONAL. Até os bandidos "LIMPARÃO A CARA".

Anônimo disse...

MINISTRO DA JUSTIÇA,
INACEITÁVEL É TERMOS 8 (OITO) MINISTROS DEMITIDOS POR CORRUPÇÃO LIVRES, LEVES E SOLTOS.
ALGUM DELES FOI AMEAÇADO POR vossa excelência DE SER PRESO OU PROCESSADO?????
A presiDANTA QUANDO EM CAMPANHA ELEITORAL, FEZ A MESMA COISA QUE O VAGABUNDO DO CABRAL ESTÁ ACOSTUMADO A FAZER - MENTIR. ELA AFIRMOU QUE ERA A FAVOR DA PEC 300. LEMBRA-SE??
INACEITÁVEL É A CLEPTOCRACIA QUE SE INSTALOU NO BRASIL!!!!

Anônimo disse...

CEL , gostaria de dizer que gostaria muito de ver a nossa remuneração ser digna, mas não deixe que militares se esqueçam do seu juramento:

Aos Militares, Antes de qualquer atitude precipitada ou equivocada, nunca se esqueçam do nosso JURAMENTO:

Ao ingressar na Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, prometo regular a minha conduta pelos preceitos da moral, cumprir rigorosamente as ordens das autoridades a que estiver subordinado e dedicar-me inteiramente ao serviço da Pátria, ao serviço policial-militar, à manutenção da ordem pública e à segurança da comunidade, mesmo com o sacrifício da própria vida.

Sou SD PM com muito orgulho e sensatez, o que é preciso neste momento, para que a população tão sofrida não seja vítima da nossa luta.

Anônimo disse...

Domingo, 5 de Fevereiro de 2012
O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA BELTRAME E SEU CONTRA-CHEQUE DE R$60.912,44

http://bombeirosdofrade.blogspot.com/2012/02/beltrame-e-seu-contracheque-de-r6091244.html

Anônimo disse...

.Ao anônimo das 15h59min

Ninguém esqueceu o juramento, somente estamos buscando dignidade para cumpri-lo. Agora as ordens das autoridades devem ter legalidade para ser cumprida sobre pena incidir em abuso de autoridades, caso haja mau uso.

silvia márcia disse...

PREZADO CORONEL
A SUA LUTA É NOSSA, NÃO DESISTA NUNCA, POIS O SENHOR SERÁ UM VENCEDOR. O MEU PAI FOI UM SOLDADO NO 8º BPM E HOJE AOS 83 ANOS ESTÁ NUMA CADEIRA DE RODAS COM O MAL DE PARKINSON, COM O SALÁRIO DE R$1.800,00 QUE SÓ PAGA O ALUGUEL E OS REMÉDIOS QUE ELE NECESSITA. EU POSTEI A FOTO DELE NO MEU FACEBOOK. JESUS VAI TE ABENÇOAR, EU REZO PARA ISTO. ABRAÇOS SILVIA MÁRCIA

Anônimo disse...

é verdade se não cumprirmos a deflagração da paralização para o dia 10 caso o governo não apresente uma verdadeira proposta salarial, seremos feito de chacota, até os sobrinhos e o filho cadeirante da Ten debora do 8BPM que são tralhas do trafico da comunidade da linha em campos estão nos zuando, sabem porque? Porque a propria oficial disse pra eles que o nosso movimento e fraco, mas fraca e sem pulso e ela que deixou o filho virar bandido e dar na cara dela, e ainda por cima consegue ser chefe de uma seção tão importante como a ssjd, vamos dar a resposta a estes pilantras no dia 10!

SGT PM Marcus Saldanha disse...

Caro SD anônimo, nós fizemos um juramento e estamos cumprindo, porém não juramos trabalhar iguais a burro de carga e ganha um salário ínfimo, espero que vc cobre esse juramento quando estiver em cima de uma cama ou cadeira de rodas e ver que seu salário não sustenta nem seus medicamentos. Hoje me sinto roubado pelo estado e ele não me falou que iria me roubar no futuro quando eu já sem mocidade e no final da vida sem força para recomeça, pois quando eu entrei não foi por promessa eu ganhava o suficiente para viver dignamente, hoje não posso concordar que um estado tão rico me pague tão pouco pelos anos de mocidade que aqui deixei em favor da sociedade. Siga esse meu conselho vc ainda é novo se não tiver disposição para brigar por sua melhoria procure estudar e outro TRABALHO, pois se não vai lhe sobre somente um espaço no BEP.