terça-feira, 31 de janeiro de 2012

CRISE NA PM: POLICIAIS MILITARES QUE TRABALHAM NAS UPPs SOLTAM A VOZ.

JORNAL DO BRASIL:
PMs denunciam péssimas condições de trabalho em UPPs e garantem greve
Paralisação inclui policiais civis e bombeiros. Corporação não trabalha com hipótese de greve
Jornal do BrasilJorge Lourenço
PUBLICIDADE
Enquanto aguarda um posicionamento do governo e da corporação sobre o movimento grevista, integrantes da Polícia Militar do Rio de Janeiro dão claros indícios de que a greve no começo de fevereiro é inevitável. Ao Jornal do Brasil, um grupo de policiais militares lotados em Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) denunciou uma série de irregularidades que afligem o carro-chefe da política fluminense no quesito segurança pública (confira vídeo abaixo).
Baixos salários, escalas de trabalho que superam 70 horas semanais, agentes de outros municípios forçados a viver nas UPPs em função do sistema deficitário de vale-transporte oferecido pelo governo do estado, gratificações incompatíveis com determinadas funções, problemas no "bico legalizado" do Proes. Estas são apenas algumas das razões pelas quais, segundo os integrantes do movimento grevista, foi escolhido o dia 8 de fevereiro como data limite para receber algum posicionamento das autoridades.
Do contrário, o Rio de Janeiro corre o risco de ficar sem o policiamento rotineiro a partir do dia 10 de fevereiro. A Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros também dão sinais de que podem aderir ao movimento, o que instalaria o verdadeiro caos no estado.
"O perfil dos nossos governantes é o daquela pessoa que paga para ver. Eles vão esperar o problema estourar para depois vir tentar remediar. Desde a nossa reunião com o comandante-geral Erir Ribeiro (no dia 12 de janeiro), não tivemos posicionamento algum das autoridades", revela o cabo João Carlos Soares Gurgel, um dos líderes do movimento grevista. "O escudo deles é o nosso regulamento covarde e inconstitucional, que pode mandar nos prender em caso de rebeldia. Hoje, vivemos em condições análogas à escravidão".
Caso a greve se confirme, a tendência é que o Batalhão de Choque e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) sejam acionados emergencialmente, já que a greve não é unânime entre eles. Isso acontece porque os dois são os batalhões que recebem as melhores gratificações da corporação.
"Como o Bope tem uma boa visão na sociedade, a ideia de governo é colocá-los para reprimir qualquer movimentação, como fizeram com os bombeiros. Também temos o apoio de alguns membros do Bope. Na passeata de domingo, onde reunimos 25 mil pessoas, eles também compareceram", aponta o cabo Gurgel. "Eles sabem que recebem uma boa gratificação mas, se forem baleados numa operação e colocados fora de combate, voltam a ganhar o mesmo que qualquer policial militar. A nossa luta é pela incorporação dessas gratificações.
Denúncias
Ao JB, os policiais militares lotados em UPPs garantem que o movimento ganhou força nas comunidades pacificadas. A ideia deles é se aquartelar e cessar as atividades até que o governo responda às reivindicações.
"A situação nas comunidades com UPPs realmente vai ficar complicada. Elas ficarão fragilizadas", disse um dos policiais, que também denunciou uma suposta venda irregular de folgas entre os agentes. "Como os policiais que moram no interior não conseguem voltar para casa, já que recebem um vale-transporte de apenas R$ 90, eles acabam vendendo folgas para outros companheiros".
Procurada pela reportagem, a Polícia Militar informou que "o comando-geral da não considera a possibilidade de paralisação de atividades - que é, cabe ressaltar, vedada pela Constituição Federal a militares, tanto federais, quanto estaduais". A corporação também informou que mantém diálogo com os representantes do movimento de greve.
Sobre as denúncias de policiais forçados a viver nas UPPs, o comando-geral apontou que a solução do problema tem sido a transferência gradativa dos agentes para os seus municípios de origem, e que apenas 129 dos 3.932 policiais lotados em comunidades pacificadas estão nesta situação. A assessoria de imprensa também negou ordem de prontidão na véspera da data programada para a greve.
A Polícia Militar não comentou a possibilidade de usar o Bope para intervir nas comunidades pacificadas caso a greve aconteça.
Juntos Somos Fortes!

33 comentários:

Anônimo disse...

E SOBRE A REUNIÃO QUE ACONTECEU HOJE PELA MANHÃ COM O CMT GERAL DA PMERJ? O QUE FOI TRATADO? PORQUE NADA FOI DIVULGADO? SERÁ UM CALA-BOCA SÓ PRA LIDERANÇA?? PORQUE O SILÊNCIO???

SGT PM CARLOS disse...

ATÉ AGORA NÃO FOI PUBLICADO NADA SOBRE ESTA REUNIÃO.E COM CERTEZA,JÁ ACABOU A MUITO TEMPO.PORQUÊ A FALTA DE INFORMAÇÃO?POR QUE UMA COMISSÃO ELABORADA PELO CMT GERAL ONDE APENAS UM 1SGT PM E UM SD PM,OS DEMAIS SENDO OFICIAIS SUPERIORES?TÁ MUITO ESTRANHO ISSO.

Anônimo disse...

Cel,esse subsídio é furada,eu reformei quando era soldado,sai com soldo de 3 sargento,com essa brincadeira de subsídio, voltarei a receber como soldado...........a proposta é ridícula.......se existe o plano de carreira,porquê não posso ser reformado com soldo de subtenente?

Anônimo disse...

se vc recebe como terceiro sargento, seu subsídio será de terceiro sargento...essa deve ser a proposta

Anônimo disse...

Que p...... de subsídio é esse, expliquem essa m..... direito senão
é greveeeeeeeeeeeeeeeeee

Anônimo disse...

O BOPE e o BPChq não tem condições de cobrir TODO o estado do RJ. Isso é impossível acontecer!

Anônimo disse...

A PM não fará greve. A classe é desunida, seus integrantes só pensam em si próprio, são individualistas. Os líderes atuais são novos e não conhecem a PM. Estão se expondo e correndo o risco de se tornarem "Tiradentes".

Anônimo disse...

ATENÇÃO GENTE!!!!

VAMOS PARAR DE FICAR FAZENDO TERRORISMO DE INFORMAÇÕES, ISSO ATRAPALHA. DEVEMOS ESPERAR OS ESCLARECIMENTOS DOS LÍDERES DO MOVIMENTO, INFORMAÇÕES REAIS, NÃO FICARMOS FAZENDO JUIZO DE VALOR E DANDO FALSOS ALARDES, NINGUÉM AINDA SABE DE NADA SOMENTE ELES E NOS INFORMARÃO EM MOMENTO OPORTUNO.


DEVEMOS ESPERAR EM QAP TOTAL GENTE!!!

Anônimo disse...

PROJETO DE LEI/ SUBSÍDIO:


http://www.mediafire.com/?ubfl7owxmm33egm


AVALIEM

Anônimo disse...

AOS AMIGOS 16:05 E 16:23, ESTARAO REUNIDOS AS 19:00HS, VAMOS AGUARDAR, ELES NAO ACEITARAO O SUBSIDIO.

Anônimo disse...

Não entendi, pois colocaram aki um contra-cheque de um soldado de Brasilia q ganha 4.500.00 liquido...
Cade aquela posição de se igualar ao Bombeiros de Brasilia, se com esse subsidio, um soldado vai ganha 3.500.00 e ainda ter q descontar, imposto de renda, fundo de saude e outras coisas, no final sobra o que..Merreca...se ligam.....olhem a tabela do estado do Paraná.....

Anônimo disse...

com certeza eles estão pagando pra ver eles então verão se vamos ou não parar nossas atiidades,por mim entrava em greve hoje!!!!

edson/ disse...

CEL: realmente é um desistímulo, essas reuniões cheias de lideranças e sindicatos, feitas por esse ou essa "SOS BOMBEIROS", parece que eles não percebem os mais de VINTE MIL, em copacabana, vamos parar com isso, ou seja: chega de vaidade e vamos continuar PARTINDO PARA A REALIDADE.

Anônimo disse...

caro Paúl, gostei muito do seu esclarecimento sobre a sua pequena participação nos eventos atuais, sou seu fãn e tenho em mente uma proposta que é: sd 8 salário minimos, cb 9 salários minimos, 3°sgt 10 salários minimos, 2°sgt 11 salários minimos, 1°sgt 12 salários minimos, sub ten 13 salários minimos, 2°ten 14 salarios minimos, 1° ten 15 salários minimo, cap 16 salários minimos, m,ajor 17 salários minimos, ten cel 18 salarios minimos, cel 20 salários minimos + comissoes por comando. Desde já um forte abraço e que o pai maior o todo poderoso DEUS nos proteja.

Anônimo disse...

ANÔNIMO DAS 17:35,

Caso você não saiba o desespero, a desgraça, a DESESPERANÇA, a REVOLTA, e a INDIGNAÇÃO unem o ser humano.
Atualmente, covardias como foram feitas a Tiradentes são difíceis de acontecer. Principalmente, se for com centenas ou até milhares de homens imbuídos das mesmas heroicas e altruísticas aspirações.
Pena que frouxos, acomodados e derrotistas como você não entendam muito bem o verdadeiro significado de coragem e amor próprio.

Anônimo disse...

Li esse projeto de subsidio para o Rio, e na minha ignorância, achei que do jeito que esta não devemos aceitar!
É claro, tem a melhora salarial, mas tem também desvantagens, que tem que ser revistas, acredito que na liderança do movimento temos colegas inteligentes, que vão analizar a proposta e reinvidicar alguma mudança no projeto inicial. Sem falar que o acordo foi que o beneficio é para as 3 categorias – PM/BM/CIVIL e ali no projeto só fala PM/BM, gerando insatisfação e diferenças das classes.
-não será pago triênio. Será melhor para os modernos!
-colegas que ganham pecúnia ou outro beneficio conquistado serão prejudicados!
-esta escrito lá que o serviço extra não será pago!
-esta escrito lá que a escala será de 24x48. Exatamente o que não queremos! 2 serviços já ultrapassa as horas semanais previstas na constituição. E terá extra ainda!
-O grande problema do RDPM continuará a nos escravizar!
-esta escrito lá que continuará o rancho – brincadeira isso!
-não terá o vale transporte!
-nossos filhos perderam os direitos de atendimentos com depois de 21 anos!
-levara tempo para ser aprovado e vai passar a época do carnaval que é o interesse de Cabral!
-Sendo aprovado – será pago dividido em 10x – casa Bahia ainda – sem condição!
Acho que não devemos dar um passo atrás! Se for subsídio tem que ser mudado vários itens que estão ali! Nos estamos pedindo melhoras reais e não queremos ser enganados nos nossos direitos! Ao meu ver o governo quer dividir mais ainda a tropa para que alguns aceitem e trabalhem e outros fiquem no sistema antigo enfraqueça o movimento!
Desde de o inicio entrei de cabeça no que foi combinado nas reinvidicações:
3500,00 inicial – PM/BM/CIVIL
Fim do RDPM escravo e terrorista
Fim desse rancho ridículo
Escala de 40 hs semanais que o ser humano tem direito na constituição federal
Vale transporte
Tem que mudar itens nesse projeto ou entramos em greve.Só é bom para os oficiais.Pois seus salarios aumentaram mais.É pro´posta de oficial.Não se iludam.

Anônimo disse...

Li esse projeto de subsidio para o Rio, e na minha ignorância, achei que do jeito que esta não devemos aceitar!
É claro, tem a melhora salarial, mas tem também desvantagens, que tem que ser revistas, acredito que na liderança do movimento temos colegas inteligentes, que vão analizar a proposta e reinvidicar alguma mudança no projeto inicial. Sem falar que o acordo foi que o beneficio é para as 3 categorias – PM/BM/CIVIL e ali no projeto só fala PM/BM, gerando insatisfação e diferenças das classes.
-não será pago triênio. Será melhor para os modernos!
-colegas que ganham pecúnia ou outro beneficio conquistado serão prejudicados!
-esta escrito lá que o serviço extra não será pago!
-esta escrito lá que a escala será de 24x48. Exatamente o que não queremos! 2 serviços já ultrapassa as horas semanais previstas na constituição. E terá extra ainda!
-O grande problema do RDPM continuará a nos escravizar!
-esta escrito lá que continuará o rancho – brincadeira isso!
-não terá o vale transporte!
-nossos filhos perderam os direitos de atendimentos com depois de 21 anos!
-levara tempo para ser aprovado e vai passar a época do carnaval que é o interesse de Cabral!
-Sendo aprovado – será pago dividido em 10x – casa Bahia ainda – sem condição!
Acho que não devemos dar um passo atrás! Se for subsídio tem que ser mudado vários itens que estão ali! Nos estamos pedindo melhoras reais e não queremos ser enganados nos nossos direitos! Ao meu ver o governo quer dividir mais ainda a tropa para que alguns aceitem e trabalhem e outros fiquem no sistema antigo enfraqueça o movimento!
Desde de o inicio entrei de cabeça no que foi combinado nas reinvidicações:
3500,00 inicial – PM/BM/CIVIL
Fim do RDPM escravo e terrorista
Fim desse rancho ridículo
Escala de 40 hs semanais que o ser humano tem direito na constituição federal
Vale transporte
Tem que mudar itens nesse projeto ou entramos em greve.Só é bom para os oficiais.Pois seus salarios aumentaram mais.É pro´posta de oficial.Não se iludam.

Anônimo disse...

Li esse projeto de subsidio para o Rio, e na minha ignorância, achei que do jeito que esta não devemos aceitar!
É claro, tem a melhora salarial, mas tem também desvantagens, que tem que ser revistas, acredito que na liderança do movimento temos colegas inteligentes, que vão analizar a proposta e reinvidicar alguma mudança no projeto inicial. Sem falar que o acordo foi que o beneficio é para as 3 categorias – PM/BM/CIVIL e ali no projeto só fala PM/BM, gerando insatisfação e diferenças das classes.
-não será pago triênio. Será melhor para os modernos!
-colegas que ganham pecúnia ou outro beneficio conquistado serão prejudicados!
-esta escrito lá que o serviço extra não será pago!
-esta escrito lá que a escala será de 24x48. Exatamente o que não queremos! 2 serviços já ultrapassa as horas semanais previstas na constituição. E terá extra ainda!
-O grande problema do RDPM continuará a nos escravizar!
-esta escrito lá que continuará o rancho – brincadeira isso!
-não terá o vale transporte!
-nossos filhos perderam os direitos de atendimentos com depois de 21 anos!
-levara tempo para ser aprovado e vai passar a época do carnaval que é o interesse de Cabral!
-Sendo aprovado – será pago dividido em 10x – casa Bahia ainda – sem condição!
Acho que não devemos dar um passo atrás! Se for subsídio tem que ser mudado vários itens que estão ali! Nos estamos pedindo melhoras reais e não queremos ser enganados nos nossos direitos! Ao meu ver o governo quer dividir mais ainda a tropa para que alguns aceitem e trabalhem e outros fiquem no sistema antigo enfraqueça o movimento!
Desde de o inicio entrei de cabeça no que foi combinado nas reinvidicações:
3500,00 inicial – PM/BM/CIVIL
Fim do RDPM escravo e terrorista
Fim desse rancho ridículo
Escala de 40 hs semanais que o ser humano tem direito na constituição federal
Vale transporte
Tem que mudar itens nesse projeto ou entramos em greve.Só é bom para os oficiais.Pois seus salarios aumentaram mais.É pro´posta de oficial.Não se iludam.

Anônimo disse...

Li esse projeto de subsidio para o Rio, e na minha ignorância, achei que do jeito que esta não devemos aceitar!
É claro, tem a melhora salarial, mas tem também desvantagens, que tem que ser revistas, acredito que na liderança do movimento temos colegas inteligentes, que vão analizar a proposta e reinvidicar alguma mudança no projeto inicial. Sem falar que o acordo foi que o beneficio é para as 3 categorias – PM/BM/CIVIL e ali no projeto só fala PM/BM, gerando insatisfação e diferenças das classes.
-não será pago triênio. Será melhor para os modernos!
-colegas que ganham pecúnia ou outro beneficio conquistado serão prejudicados!
-esta escrito lá que o serviço extra não será pago!
-esta escrito lá que a escala será de 24x48. Exatamente o que não queremos! 2 serviços já ultrapassa as horas semanais previstas na constituição. E terá extra ainda!
-O grande problema do RDPM continuará a nos escravizar!
-esta escrito lá que continuará o rancho – brincadeira isso!
-não terá o vale transporte!
-nossos filhos perderam os direitos de atendimentos com depois de 21 anos!
-levara tempo para ser aprovado e vai passar a época do carnaval que é o interesse de Cabral!
-Sendo aprovado – será pago dividido em 10x – casa Bahia ainda – sem condição!
Acho que não devemos dar um passo atrás! Se for subsídio tem que ser mudado vários itens que estão ali! Nos estamos pedindo melhoras reais e não queremos ser enganados nos nossos direitos! Ao meu ver o governo quer dividir mais ainda a tropa para que alguns aceitem e trabalhem e outros fiquem no sistema antigo enfraqueça o movimento!
Desde de o inicio entrei de cabeça no que foi combinado nas reinvidicações:
3500,00 inicial – PM/BM/CIVIL
Fim do RDPM escravo e terrorista
Fim desse rancho ridículo
Escala de 40 hs semanais que o ser humano tem direito na constituição federal
Vale transporte
Tem que mudar itens nesse projeto ou entramos em greve.Só é bom para os oficiais.Pois seus salarios aumentaram muito mais.É pro´posta de oficial.Não se iludam.

Anônimo disse...

BOLETIM DA PMERJ:
Aj G –Bol da PM n.º 020 - 30 Jan 12
10. COMISSÃO DE ESTUDO E ANÁLISE PARA REFORMULAÇÃO DA LEI DE REMUNERAÇÃO E VENCIMENTOS DA PMERJ.
(...)

Como na letra daquela marchinha: "É ou não é, piada de salão..."
Onde está o Secretário de Segurança Pública do RJ, Mariano Beltrame???
Por que ele não sai da toca e convoca os porta-vozes do movimento para ouvi-los??
A esta altura do campeonato, querem formar comissão na PM para estudar as reivindicações das categorias. E os Bombeiros e Policiais Civis??
NÓS NÃO SOMOS MOLEQUES OU IDIOTAS!!
BASTA DE ENGANAÇÃO!!!!

Anônimo disse...

Dizem nos corredores do QG, que a tal reunião de coronéis ocorrida no dia de hoje, foi para determinar que os comandantes de unidades batam pesados nos policiais que estiverem no movimento de greve. ou seja 95% da tropa. Disseram que o comandante geral mandou descer o sarrafo sem pena, prender, transferir, instaurar procedimentos e distribuir DRD's. Se isso for verdade será mais um tiro no pé, pois o manda quem pode obedece quem tem juízo saiu de moda a muito tempo. Depois que o Polícia descobriu que existe OAB, Ministério Público, e direitos humanos, esse slogan virou coisa do passado. Esperamos que seja apenas boatos, pois o que pegar para um pega pra todo mundo, esse sim é o nosso lema. Se declararem guerra a gente parte pra guerra, mesmo com o sacrifício da própria vida se preciso for. Não iremos nos render e nem retroceder jamais. Só queremos nossos direitos e nossa dignidade, disso não abriremos mão custe o que custar. Colamos 20.000 em Copacabana com chuva, imagine o que somos capazes de fazer se formos feridos nessa altura o campeonato? Esperamos que sejam apenas boatos, pois estamos preparados para a guerra e só a vitória nos interessa. Juntos somos imbatíveis...VEM! VEM! VEM! VEM

Anônimo disse...

Urgente: Greve dos PMs e BMs na Bahia

A Polícia Militar da Bahia e o Corpo de Bombeiros decidiu entrar em greve. A notícia foi confirmada na tarde desta terça-feira (31) após assembleia realizada no Ginásio dos Bancários, na Carlos Gomes.

A categoria, que lotou o ginásio, reivindica - além da criação de um plano de carreira, pagamento da URV e melhores condições de trabalho.

A equipe do Bocão News está no local da assembleia acompanhando toda a manifestação. Segundo a repórter Adélia Félix, os policiais da 14ª delegacia, no bairro do Lobato, já fecharam as portas.

Neste momento, os policiais militares e bombeiros seguem em passseata rumo ao Centro Administrativo, onde irão entregar o documento com as reivindicações ao governador Jaques Wagner. De lá, a categoria irá decidir em qual quartel irão ficar acampados.
Em entrevista exclusiva ao Bocão News realizada na semana passada, o coordenador geral da Associação dos Polícias e Bombeiros Militares e seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), Marco Prisco, afirmou que dois ofícios foram protocolados na última terça terça-feira (24), na Secretaria de Segurança Pública, SSP, além de tantos outros igualmente protocolados no ano passado no comando geral da PM. Sem a resposta do governo – segundo o coordenador - a assembleia pretende reunir 10 mil policiais militares e lideranças nacionais.

Apesar de não ter nenhum retorno com relação às pautas de reivindicações, Prisco se mantém confiante: “A principio, a paralisação é por tempo indeterminado, mas tudo depende do posicionamento do governo. Só estamos pedindo o que a lei determina”, declarou.

O coordenador, inclusive, fez um apelo ao Ministério Público da Bahia: “Se o MP fiscalizasse, veria que a PM está em estado precário. Viaturas sucateadas e sem combustível. Temos um tratamento desumano. Essa propaganda do governo é um a farsa”, desabafou.

Fonte: www.policialbr.com

Anônimo disse...

CAROS COMPANHEIROS QUE REALMENTE LUTAM POR DIGNIDADE, BOA NOITE!! ACOMPANHO O MOVIMENTO E PARTICIPO, TAMBÉM, HÁ MUITO TEMPO. SEMPRE IRÁ EXISTIR PESSOAS QUE POSTAM ALGO PARA DENIGRIR, OFENDER, ETC... PARECE QUE SÃO PESSOAS DO GOVERNO OU DO COMANDO QUE ENTRAM PARA ATRAPALHAR. TEMOS QUE TER UNIÃO E ENTENDER QUE, TUDO NA VIDA SÓ É CONQUISTADA COM DIFICULDADES E NÃO SERIA DIFERENTE COM TODOS NÓS. VAMOS AGUARDAR, POIS OS DIAS ESTÃO PASSANDO MUITO RÁPIDO. AÍ SIM, QUERO VER QUEM É QUEM DIA 10/02. JUNTOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!!

Anônimo disse...

terça-feira, 31 de janeiro de 2012 | 13:46
CABRAL GASTA COM PUBLICIDADE ATÉ NA REVISTA NORTE-AMERICANA ‘FOREIGN AFFAIRS’!

Carlos Newton

No programa “Manhattan Connection” de domingo à noite, na Globonews, os comentaristas disseram que a “Foreign Affairs” – revista americana de relações internacionais- veio esse mês com duas páginas de matéria paga do Governo do Rio. No site deles, no final, tem um banner do Governo do Rio. Basta acessar http://www.foreignaffairs.com/

Não chega a ser uma grande novidade, para um governador que raramente está no Brasil e tem comprado a grande imprensa mediante uma impressionante escalada de gastos publicitários.

Ele está completando 50 anos de idade, mas se comporta como um criminoso adolescente, que só pensa em ficar cada vez mais milionário, para esquecer a infância pobre no subúrbio de Cavalcanti, na Zona Norte do Rio.

Seus dois principais cúmplices são o vice Pezão (que codinome, hein?), que fez questão de conduzir pessoalmente a “estratégica” Secretaria de Obras durante todo o primeiro mandato, por motivos óbvios, e o secretário de Saúde Sergio Cortes, um funcionário público que subitamente também se tornou milionário e hoje é vizinho do governador no luxuoso condomínio Portogallo, em Mangaratiba.

O mais incrível é a impunidade dos três mosqueteiros e de suas transações com empreiteiros e fornecedores, como Arthur Soares Filho (o famoso rei Arthur) e Fernando Cavendish, da construtora Delta, entre tantos outros.

É como se não existissem o Ministério Público, a Justiça e a Polícia no Rio de Janeiro. E não existem, mesmo.

http://www.tribunadaimprensa.com.br/?p=30797

Anônimo disse...

BAHIA - Em assembleia, associação da Polícia Militar decreta greve por tempo indeterminado

SITE: CORREIO 24HORAS

Em uma assembleia realizada na tarde desta terça-feira (31), os policiais militares e os bombeiros decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. De acordo com informações do diretor jurídico da Associação de Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra), Fábio Brito, a greve atinge todo o estado.
Neste momento, a categoria está ocupando a Assembleia Legislativa para entregar a pauta de reivindicações ao governador Jaques Wagner, que está em Cuba em viagem com a presidente Dilma Rousseff, ou com alguém que responda pelo estado. Segundo a Transalvador, policiais em passeata a caminho do CAB estão fechando vias na região do Iguatemi com motos e carros.
Apesar da decisão tomada pela Aspra, a assessoria do comando da PM não reconhece a greve e diz que o órgão funciona normalmente, mesmo com o indicativo de paralisação. O diretor de comunicação da PM Gilson Santiago disse que todas as unidades estão funcionando normalmente e que os PMs que trabalham à noite já estão assumindo seus postos.
Os policiais reivindicam o cumprimento da lei 7.145 de 1997, com pagamento imediato da GAP V, incorporação da GAP V ao soldo, regulamentação do pagamento de auxílio acidente, periculosidade e insalubridade, cumprimento da lei da anistia e a criação do código de ética, além da criação de uma comissão para discutir um plano de carreira para a categoria.
Os policiais e bombeiros reclamam que mesmo algumas questões já regulamentas pela lei não são cumpridas pelo estado. Durante a assembleia, um dos cartazes levados pelos PM dizia que o governo Wagner foi uma "traição" com a categoria. "Esse foi o governo em que mais morreram PMs", diz. Segundo a Aspra, a Rondesp já não está trabalhando e algumas companhias, como a 14ª CIPM (Lobato), também cruzam os braços. Já em Ilhéus e Feira de Santana os comandantes garantiram que não haverá greve, segundo a TV Bahia.

http://www.sosguardavidas.com/2012/01/reinvidicacoe

Anônimo disse...

greve na bahia olha ai

http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/policiais-militares-em-greve-ocupam-assembleia-legislativa/

Anônimo disse...

greve na bahia estourou

olha ai cel
cola no blog
http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/policiais-militares-em-greve-ocupam-assembleia-legislativa/

Anônimo disse...

Os desvios de conduta estão indiretamente associados à desvalorização do serviço.

Anônimo disse...

PM da Bahia em greve http://www.bahiatodahora.com.br/destaques-esquerda/noticia_destaque1/policiais-militares-da-ba-decretam-greve-por-tempo-indeterminado

Anônimo disse...

OBRIGADO CEL PELO ESPAÇO, DIA 10 VAMOS VER QUEM É QUEM.0S OUTROS ESTADOS Q TEM MENOR RECEITA PAGA MELHOR Q O JORNALISTA,E ESTAO PARANDO, BRASILIA TEM 1 MOVIMENTO D PARAR, A HORA É ESSA, VEM CARNAVAL AI, 44 MILHÃO

Anônimo disse...

Atenção vcs

1-O subsidio como parcela unica vai aumentar em muito o desconto previdenciario já que boa parte dos nossos vencimentos é de indenização e logo fica isento de desconto para o Rioprevidencia.

2- Em um primeiro momento pode haver ganho mas um futuro achatamento salarial é muito mais fácil quando vc so tem uma parcela.Ou seja nada impede que um novo cabralzinho pague um subsidio de 1 salario minimo ao sd.

3- Esqueçam quem ganha pecúnia, vamos buscar uma tabela salarial digna e isso independe do nome que vc dá ao que recebe. Peçamos aumento de dinheiro no bolso.É o que interessa.

Anônimo disse...

ACABA COM A PECÚNIA DE TODO MUNDO E NIVELA O SALÁRIO DE TODOS....BOMBEIRO E PM QUE MERECIA PECÚNIA FORAM BOLEADOS PELOS PEIXES....A MAIORIA QUE TEM PECÚNIA NÃO MERECIA...E OS MESMOS NUNCA PARTICIPARAM DOS MOVIMENTOS....ISSO É UMA INJUSTIÇA!!!....MUITOS QUE MERECIAM NÃO GANHARAM PECÚNIA...TIRA A PECÚNIA E NIVELA TODO MUNDO....UM MONTE DE SGT FROUXO GANHANDO IGUAL OU MELHOR QUE CORONEL.....E OFICIAIS GANHANDO O TETO DO GOVERNADOR....SERIA A MELHOR FORMA DE SOLUCIONAR AS DIFERENÇAS (QUE SÃO MUITAS)...MUITOS QUE COMPRARAM DIVISAS, POSTO E GRATIFICAÇÕES E HOJE RECEBEM SALÁRIOS MUITO SUPERIORES A SEUS PARES. AÍ SIM SERÁ FEITO JUSTIÇA...

Anônimo disse...

É isso amigo, se prender um, vai ter que prender todo mundo. Vamos nos apresentar no quartel presos. Em síntese: não vão prender todo mundo, porque no quartel não tem lugar e nem excluir todo mundo, porque a greve é um direito constitucional.

SD Cavaco de Pau