terça-feira, 19 de julho de 2011

ELEIÇÕES 2012 - BELTRAME NA ALÇA DE MIRA.

A minha incursão no mundo da política no Rio de Janeiro foi extremamente rápido, mas apesar do breve período de exposição, eu pude exercitar uma característica comum a todos os que são ligados às ciências: a observação. Em noventa e nove por cento das oportunidades eu observei, me limitei a ouvir e pouco falei, a exceção foi uma reunião com membros da equipe da campanha do PSDB no Rio de Janeiro, onde falei muito sobre os problemas das UPPs, que já eram um fiasco na época. Aliás, vale destacar que quando mais falei, nada foi aproveitado, pois a equipe resolveu não bater nas UPPs, que consideravam algo inatingível.
Obviamente, sou um novato em termos políticos, mas tenho aprendido muito, sou um bom aluno, via de regra. Portanto, o que falo ou escrevo sobre política deve ser analisado sob a ótica de que o autor conhece pouco, muito pouco, sobre o tema. Apesar dessa verdade, como todo cientista, faço as minhas experiências e observo os resultados, como fiz recentemente ao colocar no colo da oposição na ALERJ documentos e provas (imagens) que derrubariam toda área de segurança do governo Sérgio Cabral (PMDB), desde que fossem apresentadas no Congresso Nacional e na ALERJ.
Esperei, esperei e nada, nem na ALERJ, nem no Congresso.
Diante desse resultado, tentei buscar o que determinou a não utilização da munição.
Preliminarmente, considerei que a oposição não era tão oposição assim, considerando que na essência todos são políticos, inexistindo inimigos a serem vencidos, mas sim adversários a serem superados na próxima eleição. Assim sendo, diante de provas irrefutáveis, melhor colocá-las na gaveta e esperar os desdobramentos das minhas denúncias nos órgãos públicos, sem fazer um enfrentamento de verdade, permanecendo nos discursos políticos que parecem tão fortes, mas que são na verdade inócuos, caindo no lugar comum das críticas de lado a lado.
O tempo foi passando, continuei observando e analisando.
Na verdade o personagem que está na posição mais delicada na facilitação e no incitamento à entrada dos Bombeiros no Quartel General, isso ocorrido no dia 03 JUN 2011, sem dúvida, é o secretário de segurança, delegado da Polícia Federal Beltrame. Cabia a ele planejar, coordenar e operacionalizar todas as medidas para evitar que os Bombeiros entrassem no Quartel General, algo que ele não conseguiu evitar, gerando o maior fiasco em termos de segurança pública no mundo, tendo em vista que Bombeiros desarmados e acompanhados de familiares, tomaram um quartel no Centro do Rio de Janeiro, a cidade da Copa 2014, a cidade olímpica.
E quem é Beltrame em termos políticos?
A única esperança do PMDB e da base governista para as eleições de 2012 para a prefeitura do Rio de Janeiro.
Beltrame é o homem a ser blindado até a corrida eleitoral, só aparece na boa, como dizem.
Sérgio Cabral (PMDB) está morto politicamente e levou consigo o seu irmão siamês, o prefeito Eduardo Paes (PMDB). Sobrou pouco tempo para Paes conseguir descolar seu nome de Sérgio Cabral (PMDB) e isso é fatal. Nem mesmo a estratégia usada por Cabral em 2010, quando acabou virando candidato único, poderá salvar a reeleição de Paes, que perde para qualquer nome novo da oposição que permanecer na disputa eleitoral.
Para 2014 Pezão também enfrentará problemas idênticos, apesar de ter mais tempo, pois não conseguirá se livrar de Sérgio Cabral (PMDB), a não ser que ele renuncie em breve, o que não parece provável.
Beltrame é a saída.
Diante dessa interpretação, o fato da oposição não ter explodido de imediato o caso da inércia de Beltrame no caso da tomada do Quartel General pode fazer parte da estratégia para 2012, considerando que pode acionar o gatilho a qualquer momento, sobretudo após Beltrame ser confirmado como candidato à cadeira de prefeito do Rio de Janeiro.
Posso estar certo, mas devo estar errado, sou um novato nas questões políticas, mas ouso afirmar:
Beltrame está na alça de mira.
JUNTOS SOMOS FORTES!
PAULO RICARDO PAÚL
PROFESSOR E CORONEL
Ex-CORRGEDOR INTERNO

10 comentários:

Ricardo Oscar vilete Chudo disse...

Cel Paul, as denuncias pela ação/omissão do Governo no caso da "invasão" do Quartel Central do CBMERJ e de sua "prisão" ilegal, são casos de apreciação do Judiciário para impor as sanções pertinentes a cada delito e a cada culpado. Quanto a ALERJ, sabemos o que tem lá dentro, não vão agir com essas armas no momento e sim nas eleições, quando, com seus argumentos, jogarão tudo contra seus "adversários". As denuncias são fortes e pertinentes, causando espanto a inércia do M.P., já que está de posse das mesmas.

Anônimo disse...

Pául eu acredito que caso o Cesar Maia se candidate a prefeitura ele sera eleito novamente. O povo não vai trocar o certo (Cesar Maia), pelo duvidoso. Tem mais estamos sendo aterrorizados pelos bueiros bombas, na época do César Maia a frente da prefeitura este tipo de fato nao ocorria.

Anônimo disse...

cel só pode ser piada, o governo vai apurar denúncia do próprio governo mais uma vez eles estão fazendo o povo de palhaço

Anônimo disse...

sou funcionária pública concursada,e trabalho no palácio gunabara,"mais naõ faço parte da quadrilha que existe lá dentro" ouvi falar pelos corredores que cabral reuniu sua quadrilha e falou que morre mais não da aumento para o funcionalismo, todo boato tem um fundo de verdade

Anônimo disse...

Exclusivo! Só depende do STJ para aparecer toda a corrupção das UPAs



Visando apurar a corrupção na secretaria de Saúde do Estado, o advogado Jamilton Damasceno, em 2010, depois de tentar conseguir por todas as vias administrativas os processos relativos aos contratos das UPAs decidiu entrar no Tribunal de Justiça do Rio com um Mandado de Segurança (nº 0004585-47.2010.8.19.0000), para ter acesso à informações que constam em documentos públicos, e que é um direito de todo o cidadão.

O desembargador Bernardo Garcez, da 10ª Câmara Cível aceitou o pedido, mas o Estado recorreu e no julgamento do mérito, por 2 a 1, a Justiça do Rio decidiu que o governo Cabral tinha o direito de não revelar nada. Uma estranha decisão que levou o advogado autor da ação a recorrer ao STJ, onde tramita o recurso com o registro 2011/0154828-7.

Mas o pouco que sabe sobre os processos dos contratos das UPAs, que continuam trancados no cofre da secretaria estadual de Saúde é suficiente para se constatar que se trata do maior de todos os escândalos, já revelado até agora, na Saúde do governo Cabral. E vou lhes mostrar para não terem nenhuma dúvida, o teor dos 17 processos relativos a contratos de UPAs somente até o final de 2009. Mesmo sem ninguém ter tido acesso às centenas de páginas dos processos administrativos, a simples publicação no Diário Oficial já evidencia fraudes gravíssimas, contratos milionários, uma corrupção inimaginável que quando vier a público vai levar muita gente para trás das grades, inclusive o secretário Sérgio Côrtes.

Reparem nas marcações coloridas dos anos de alguns dos processos e dos teores que constaram na publicação do Diário Oficial. Há processos de UPAs, de 2003 e 2004, quando Rosinha era governadora e não havia nenhuma UPA. A primeira UPA foi implantada no final de 2007. É estarrecedor.

Como é que vários processos de UPAs são da época de Rosinha? Está claro, que para tentar camuflar a fraude, apagar as impressões digitais da roubalheira, adulteraram processos com desvio de finalidade e acrescentaram ilegalmente contratos das UPAs. Isso nem precisa que os processos sejam abertos. Mas que tal o processo que vocês vão ver citado abaixo, da contratação da FIOTEC para serviços de planejamento e execução da gestão de atendimento médico das UPAs por R$ 347 milhões? É isso mesmo um contrato de terceirização de R$ 347 milhões, com o detalhe que foi publicado em dezembro de 2009. Esse valor, portanto, tem que ser referente ao período posterior a dezembro de 2009, um ano e meio atrás.

Vocês vão se espantar com a relação dos processos. Está na cara que na hora em que alguém puder folhear cada página, essa história vai terminar no Complexo Penitenciário de Bangu. Por isso, Cabral luta com unhas e dentes para conseguir na Justiça, o direito de trancar para sempre os contratos que provam a roubalheira na Saúde. Como eu já disse antes, o que já veio à tona sobre a corrupção nas UPAs não é nada perto do que ainda está por vir. Podem se preparar!

Anônimo disse...

DESCASO - MILITARES FLUMINENSES NA MISÉRIA

Bombeiros e Policiais Militares do Rio de Janeiro recebem pouco mais de R$ 1.000,00 (mil reais) por mês
, quantia INSUFICIENTE PARA PAGAR AS DESPESAS BÁSICAS de sobrevivência. DIEESE VERIFICA SALÁRIO MÍNIMO NECESSÁRIO: R$ 2.293,31 (dois mil, duzentos e noventa e três reais e trinta e um centavos). Este é o PISO PARA ARCAR COM AS DESPESAS BÁSICAS, conforme orienta o Inciso IV do Artigo 7º da nossa Carta Magna!

Todas as associações da PMERJ e do CBMERJ deveriam lutar contra as GRATIFICAÇÕES. A DIGNIDADE SALARIAL para o PM e o BM do Rio de Janeiro não beneficiaria somente os Militares Estaduais, mas a sociedade fluminense como um todo. Para prestar ao cidadão um serviço público eficiente e de qualidade, os integrantes da PMERJ e do CBMERJ precisam pelo menos de um SOLDO acima do SALÁRIO MÍNIMO vigente, lembrando que o SOLDO é o SALÁRIO do MILITAR ESTADUAL.

Profeta disse...

Boa noite, gostaria de solicitar ao companheiro anônimo que tem mais conhecimento sobre as fraudes da SAÚDE, que possa disponibilizar neste blog todas as informações possíveis, pois a partir de agora vamos mirar nossa carga pesada em cooptar companheiros que possam ter qualquer acesso a esses processos e divulgarmos de qualquer jeito na internet, pois não existe qualquer possibilidade de ilícito haja vista que qualquer contrato público tem que ser aberto a todos. Companheiro talvez seja essa oportunidade de nos darmos um nó tanto no Governo, justiça, alerj e MP. Companheiros essa é a nossa Saara, nosso trabalho é investigar, dar andamento em processos e fazer o rescaldo, nós sabemos que poder é quer. JUNTOS SOMOS MUITO + FORTES.
Profeta.

Anônimo disse...

cel paul ápos ler em seu blog a ordem do dia daquele cmdt de um quartel do exército, começo a acreditar que o cmdt está certo pois com esses políticos corruptos que estão acabando o BRASIL,e em especial com o RJ acho que além de um desabafo.está soando como um alerta ao povo brasileiro

Anônimo disse...

DIEESE divulga pesquisa de cesta básica nacional referente à junho

Em junho de 2011, o Salário Mínimo necessário, conforme o Inciso IV do Artigo 7º da Carta Magna, foi avaliado pelo DIEESE em R$ 2.297,51 (dois mil, duzentos e noventa e sete reais e cinquenta e um centavos). O valor é estimado de acordo com os dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica, levando em consideração o preceito constitucional que estabelece que o salário mínimo deve suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

1ºTEN.BM CALIXTO disse...

PAZ, AMOR, E MUITO VERMELHO...
EM 1º LUGAR QUERO AGRADECER O ESPAÇO OFERECIDO AO LIVRE COMENTÁRIO DA POPULAÇÃO CARIOCA. POIS ESTOU TENTANDO PUBLICAR ALGUMAS PALAVRAS NO S.O.S. BOMBEIROS E FUI IMPEDIDO POR TENTAR SER HONESTO E FRANCO COMO BOMBEIRO MILITAR QUE SOU.
Vamos aos fatos:
Todas as associações do CBMERJ e do PMERJ deveriam lutar contra as GRATIFICAÇÕES oferecidas pelo Governador. Mais ao contrário do que se espera, todas aceitam esta esmola oferecida e se rendem ao DITADOR do estado Sérgio Cabral e seus estrategistas marqueteiros.
A marcha dos BOMBEIROS, deveria focar o ÃMBITO ESTADUAL, e não o AMBITO FEDERAL como a PEC 300 e a PEC 41, a qual sabemos que teve início mais nunca terá fim.
O foco foi desviado para BRASÍLIA, e estão cometendo um erro muito grande e grave. Pois a estratégia esta em ficar no Rio e derrubar Sérgio Cabral e não o Governo Federal. Até porque voces ainda estão preso ao PT aliado de Sergio CAbral e precisam da assinatura de Dilma para aliviar as sanções penais, pela tomada do QCG, que foi um passo errado e sem estratégia a qual desviou as intenções em prol de aumento salaraial e com isso tiveram que focar no indulto administrativo e judicial.
Foquem no Rio, foquem no desvio de conduta de Sérgio Cabral, foquem no desvio de verbas, foquem nas empresas que tem relação com o Governador. E aí voces continuaram a ter a proteção do manto da população carioca.
abraços de um REFORMADO, que esta postando no seu site Cel Paúl, por não ter espaço a um blog DITADOR como S.O.S.bombeiros o qual só publicam o que é interessante para eles e a sua cúpula e não aceitam críticas.
É por isso que no ENGENHÃO, compareceu de 50 a 100 pessoas na manifestação.
Porque muitos estão insatisfeitos com tamanha falta de respeito a livre expressão.