domingo, 11 de dezembro de 2011

O CASO PATRÍCIA ACIOLI OU O CASO DO TENENTE CORONEL PM CLAÚDIO.

Prezados leitores, bom dia!
O nosso blog recebeu comentários informando sobre a existência de um blog específico sobre o caso do assassinato da juíza Patrícia Acioli: http://patricia-acioli.blogspot.com
O título é "Caso Patrícia Acioli: racismo e protecionismo de classe sob máscara de ódio individual".
O blog tem apenas um artigo publicado:
"quarta-feira, 7 de dezembro de 2011
O bode expiatório do ritual racista" (Leiam).
O blogueiro trás uma motivação racista para a prisão do Tenente Coronel PM Claudio, mas trata também de um tema que temos focado no nosso blog, a timidez das provas noticiadas pela mídia em desfavor do ex-comandante do 7o BPM (São Gonçalo).
É um posicionamento novo sobre a apuração e a  atribuição de culpas no caso.
Não custa lembrar que todos os Policiais Militares acusados continuam sendo acautelados no presídio comum Bangu I, ferindo de morte prerrogativas de todos os Policiais Militares.
Juntos Somos Fortes!

4 comentários:

Anônimo disse...

SOLDO ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO É DESRESPEITO

OS INTEGRANTES DA PMERJ E DO CBMERJ ESTÃO SENDO HUMILHADOS PELO GOVERNO CABRAL.

Uma cidade que receberá jogos da Copa do Mundo de 2014 e sediará os Jogos Olímpicos de 2016 não pode pagar aos Policiais Militares um SOLDO inferior ao SALÁRIO MÍNIMO vigente!

SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO É IMORAL, ILEGAL, INCONSTITUICIONAL...

O segundo emprego é a principal fonte de sustento da maioria dos Policiais Militares da "banda boa". Seria muito interessante vincular o SOLDO do Policial Militar do Estado do Rio de Janeiro ao SALÁRIO MÍNIMO vigente, que no ano que vem (2012) irá para R$ 622,73.

Não adianta a tropa receber Gratificações e o SOLDO permanecer abaixo do SALÁRIO MÍNIMO em vigor, lembrando que inativos e pensionistas não são beneficiados com tais bonificações.

O salário mínimo NECESSÁRIO foi calculado, no mês de novembro, em R$ 2.349,26, segundo a Pesquisa Nacional da Cesta Básica realizada pelo DIEESE em 17 capitais, em conformidade com o disposto no artigo 7º, inciso IV, da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

Atualmente, o emprego do Policial Militar do RJ é o "bico". É o "bico" que sustenta o PM do Rio! É preciso transformar o policial militar em cidadão brasileiro pleno, algo que ainda está longe de ocorrer no país.

Anônimo disse...

Quando se fala em salário-base (no caso dos servidores civis) e soldo (no caso dos militares estaduais), os Coronéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros ganham muito menos do que os delegados da Polícia Civil.

Alexandre, The Great disse...

A "justificativa" de que o BEP é frouxo para manter presos os militares estaduais é risível. Por acaso a SEAP é mais "eficaz" em reter presos, impedir a entrada de drogas e celulares em suas unidades carcerárias?
O fato é que um juiz está se sobrepondo a LEI; e isso seria inaceitável num Estado Democrático de Direito, onde TODOS os cidadãos estão sob a égide da LEI. Ou será que juízes e desembargadores não estão abaixo da LEI?
Será que o Brasil não é um país democrático?
Estamos sob um regime absolutista ou despótico?
Muitas perguntas e nenhuma resposta convincente.

Enany disse...

Dia 27 de fevereiro fez 5 meses que meu marido está preso em Bangu 1, o pior de tudo, é que não só ele, mas alguns que também estão lá, não tem nada a ver com o que estão sendo acusados, (já virou crime político!!!) A minha maior indignação é que o próprio Juiz Dr. Peterson Barroso disse, referente ao pronunciamento, que não pode fazer nada, pois sofreu pressão de superiores.
Se não fosse o caso de uma Juíza, muitos já teriam sido impronunciados...
O que eu não entendo, é, o que eles ganham com isso?!? Colocando pessoas inocentes na cadeia!!!
A família da D. Patrícia Aciloli deveria querer JUSTIÇA! E isso se faz colocando realmente quem tem culpa na cadeia...
A Justiça pública está, não somente encarcerando indevidamente um ser humano, como também está o colocando em um regime mais gravoso, onde nem mesmo encontra-se muitos perigosos marginais conhecidos do Poder Judiciário.
Muitos pensam que os 11 PMs mataram (cometeram o crime), mas o que acontece, é que eles estão presos por que supostamente sabiam da intenção do Tenente de matar a Dr. Patrícia Acioli, e o meu marido que fazia parte do GAT (há 6 meses) foi preso!
O próprio Delator em juízo disse que ele não sabia da intenção e nem do planejamento... Então por que o mesmo ainda está preso?!?
Disse também que eles ajudaram com o chamado “ Espólio de Guerra” mas o delator confessou em juízo que a arma utilizada e o carro não vieram do Espólio, Então por que o mesmo ainda está preso?!? Qual a acusação que cai sobre ele?!?