terça-feira, 27 de dezembro de 2011

SISTEMA POLICIAL BRASILEIRO – COMENTÁRIOS:

Comentários postados:
1) Eu sou a favor do modelo americano de polícia, podendo este ser empregado aqui no Brasil nos estados da federação. O modelo compreende uma única polícia, na qual todos os policiais entram de uma única uma forma e com o tempo adquirindo experiência esse policial pode ser promovido através de méritos e/ou concursos internos.
Veja o site de recrutamento da polícia de Nova Iorque: http://www.nypdrecruit.com/ , lá mostra como funciona a carreira policial, as oportunidades de crescimento, salários, benefícios, a forma de ingresso, etc.
Para quem gosta da profissão e que não se imagina fazendo outra coisa o sonho seria grande termos uma polícia no mesmo modelo de lá. :/
Anônimo.
2) Segurança Pública não é só polícia. Trata-se de um sistema que envolve advogados criminais, legislação, Justiça Criminal, Ministério Público, Sistema Prisional, polícias etc.
Querer tratar do tema apenas falando de polícia é o mesmo que dizer para comprar pneus novos para um carro velho e tudo está resolvido, ou que basta o avião ter um painel de instrumentos somente e está apto a voar.
Não quero ser pessimista mas, alguém com uma certa idade que tenha visto o Trânsito do Rio operado pela PM e depois operado pelas prefeituras pode informar se possuem a mesma sensação de haver piorado ou foi somente fruto da péssima Engenharia e do aumento de carros?
Anônimo.
3) A julgar pela opinião da maioria das pessoas que conheço, (a imprensa) está no caminho errado. Temos exemplo da "entrevista" com a Cidinha, neste blog, que não é exceção. Quem ainda não ficou indignado quando um assunto relevante é anunciado e, na hora "h" mostram 3 minutos de matéria editada, não deixando quem sabe do assunto falar adequadamente e o resto propaganda e abobrinhas do tipo opinião de famosos e cenas de chororô?
Faustão é um exemplo: fala mais que os entrevistados, coloca palavras na boca dos outros.
Bolsonaro quase não aparece pra nada na grande Imprensa, a não ser quando é pra tentar crucificá-lo. Sua opinião não vale para a Imprensa, mas é um deputado como qualquer outro. O saudoso Enéias, também não tinha espaço e era editado pra parecer maluco. Mas era um cara com muito estudo, médico, professor. Mais interessante para a Imprensa é mostrar as falas de algumas figurinhas marcadas.
As manchetes e os assuntos tratados em sua maioria são a ex-BBB posando nua, o tiro no carro do Adriano e por aí vai. Ninguém insiste ou pergunta por que foi feita uma grande operação pra prender bicheiros só agora, depois de tantos anos de governo. Ninguém exige das autoridades explicação sobre o patrimônio desses caras, como um deles juntou 4 milhões? Como adquiriram, reformaram decoraram imóveis da maneira mostrada? Foi em seis meses? Aonde estavam governador, prefeitos, deputados, vereadores, juízes, promotores, delegados, secretário de segurança, PMs etc. todos esses anos? Mostrar o coronel preso foi como abutres em carniça. Por que não como abutres na casa do governador para indagar isso tudo? Por que não como abutres em cima dos deputados federais para perguntar por que não legalizaram a jogatina? A Imprensa não entra nesses assuntos e o povo continua inerte, carneirinhos treinados (ou raposas coniventes). Por esses motivos e inúmeros outros, a Internet passou a ser a melhor maneira da gente se informar, usualmente através de blogs e sites mantidos por gente que não tem espaço algum na Imprensa atual, mas possui credibilidade conquistada pela postura democrática, por possuir argumentação e qualidade da informação. Outro dia recebi uma mensagem com um texto muito bom de uma cara formado em Filosofia falando sobre as estatísticas de segurança pública em São Paulo. Ele foi por lado completamente diferente das autoridades, mas com argumentos coerentes, colocando em dúvida as razões apresentadas para certas reduções de criminalidade anunciadas. Aonde mais poderia ler ou ouvir na íntegra o que o cara expôs, sem edições sensacionalistas?
Anônimo.
4) O blog é democrático. Avisem a alguns que postaram neste tópico que não é sacanocrático.
Em segundo lugar, queiram não utilizar a "sociedade" quer isso ou quer aquilo, sem realizar um plebiscito. Fale em seu nome: "Eu quero e gosto ser hetero (ou homo)" e , não, "a sociedade quer que todos sejam hetero (ou homo)", entendeu? Corre-se o risco de acontecer o mesmo da época da campanha do desarmamento, onde "doutos", artistas, políticos e personalidades foram incansáveis em deitar falação sobre o que a "sociedade" queria. Na hora do vamos ver, não se aprovou. O que a "sociedade" realmente queria (e ainda quer) era os bandidos desarmados na cadeia e as pessoas decentes armadas até os dentes. Outra furada desse tipo foi a campanha do governo federal pela liberdade sexual, gastando milhões em material escolar de propaganda para crianças. Quando "a sociedade" soube de fato o teor do material (desenhos, DVD etc), que vazou na Imprensa, foi aquela grita. A maioria, parece, não queria aquilo, mas não posso afirmar, entendeu?
Só posso dizer que EU achei uma aberração e que EU gostaria que os envolvidos devolvessem aos cofres públicos o que gastaram.
Tente justificar as suas proposições com algo sólido ou exemplos, senão será igual aquilo que faz a Imprensa brasileira. Faz pergunta pro Bozo sobre segurança pública e quer ser formadora de opinião. Dizer que haverá economia por si só é chute. Fizeste acaso algum estudo como o último realizado sobre a elucidação de homicídios por parte da Polícia Civil no Rio, menos de 5%? É um dado antigo, sei, mas é único que dispomos porque, infelizmente, a Polícia Civil neste quesito não é tão transparente quanto a "truculenta" militar a qual divulga os seus dados mensalmente.
Dizer que pagar mais e investir na instituição fará isso melhorar é um tanto quanto óbvio, não achas? Se eu investisse 100 mil no meu fusca ele também poderia ficar melhor que um carro novo, lógico não?
Anônimo.
Juntos Somos Fortes!

4 comentários:

Anônimo disse...

OPERAÇÃO FORA CABRAL JÁ,INTERVENÇÃO FEDERAL NO CBMERJ JÁ,DESMILITARIZAÇÃO DO CBMERJ JÁ.

Anônimo disse...

FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL,FORA CABRAL

Paulo Ricardo Paúl disse...

Grato pelos comentários.
Juntos Somos Fortes!

Paulo Fontes disse...

Caro Paul,
A opinião de um anônimo comentando o sistema policial brasileiro e postada no seu blog no dia 27 de dezembro, fornece uma dica interessante que deveria servir de orientação para aqueles palpiteiros, sociólogos, antropólogos, proprietários de ricas ONGS, mas também, e infelizmente, diversos profissionais da Policiai Judiciária Civil, bem como seus órgãos de classe, como ADEPOL, SINDIPOL, etc.
Sugeriu o anônimo blogueiro que fosse consultado o site do Departamento de Polícia de Nova Iorque – NYPD, através do site www.nypdrecruit.com, que trata do modelo policial americano, em especial na cidade de Nova Iorque.
Eu já conhecia o modelo através de relatórios de viagens realizadas pelos Cursos superiores da PMERJ aos diversos países do continente americano, Europa, América Latina e Ásia.
O site do NYPD nos fornece uma visão panorâmica de toda a organização da Polícia de NY no momento atual e contradiz cabalmente a opinião dos palpiteiros de plantão e de profissionais da Polícia Judiciária que antes de falar bobagens do tipo: polícia não deve ser fardada ou uniformizada e nem possuir hierarquia, postos ou graduações ou então afirmando que os policiais da investigação é que devem chefiar o ramo ostensivo, deveriam se informar e estudar mais sobre o assunto antes de formular suas teses respaldadas em falsas premissas, ou pior, no desconhecimento e na ignorância
No link Benefits & Salary » Promotional Opportunities vemos que a organização hierárquica é a seguinte:
CAPTAIN: EFETIVO: 450; SALÁRIO: U$ 160.000/ANO
LIEUTENANT: EFETIVO: 1500; SALÁRIO: U$ 125.163/ANO
SERGEANT: EFETIVO: 4500; SALÁRIO U$ 109.016/ANO
DETECTIVE: EFETIVO: 5 MIL;SALÁRIO U$ 97.735/ANO
POLICE OFFICER: EFETIVO: 23MIL; SALÁRIO: U$ 90.829/ANO
Obs: salário pago no final da carreira em cada graduação ou posto
O quadro inclusive é animado e pede: Promote this Officer(promova esse Oficial).
Em rápida análise podemos concluir de cara que na organização do NYPD existe uma hierarquia com postos e graduações, uma carreira de Polícia Única, que executa todo o ciclo de Polícia, com uma única porta de entrada que tem início no POLICE OFFICER, o homem da base da pirâmide, continua na graduação de DETECTIVE e SERGEANT, e chega no topo com os postos de LIEUTENANT e CAPTAIN.
Podemos inclusive constatar que essa hierarquia é confirmada pelos salários pagos a cada graduação ou posto
No link Academy Prep/Overview podemos verificar que a rotina do dia a dia da NYPD mostra todos usando farda uniforme, quepe e armamento, praticando inclusive o que aqui nas FFAA e PPMM chamamos de ORDEM UNIDA, tão criticada pelos sabichões de plantão.