domingo, 4 de março de 2012

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - DENÚNCIA CONTRA A POLÍCIA MILITAR.

Toda denúncia anônima deve ser tratada com cautela, mas não pode ser simplesmente ignorada por não ter autoria definida, afinal, o próprio governo as aceita no disque-denúncia.
Eis a grave denúncia:
03 MAR 2012 - 20:47hs.
"Acompanhou o protesto nas barcas, sabe o que aconteceu na UFF (onde estudam inúmeros manifestantes), enquanto rolava o protesto?
E tem gente que diz que a gente vive num regime democrático. Ah vá! Ontem a PM invadiu a sala do Diretório Acadêmico de Ciências Sociais da UFF, e tentaram arrombar a sala do Diretório Acadêmico de Psicologia. As 11h da manhã, mesmo horário em que acontecia um mega operativo, envolvendo o Batalhão de Choque para reprimir o protesto contra o aumento das Barcas. Repressão esta iniciada bem antes do próprio protesto do dia 1 de Março, na noite anterior o TJ deu parecer favorável a uma liminar da Barcas S\A que culpa um professor da rede estadual e o PSOL por qualquer "problema" que ocorresse durante a manifestação, sob multa de 5 milhões de reais. Uma clara tentativa de impedi-los de participar do protesto, o que não aconteceu. Semanas antes, a 76ª DP ouvira alguns organizadores do protesto a pedido da Barcas S\A, como se fossem criminosos em potencial. A invasão da PM aos Diretórios Acadêmicos do ICHF\UFF, sob a alegação de "denuncia anônima sobre uso de drogas" é uma clara tentativa de tentar criminalizar o movimento estudantil combativo que estava no protesto das barcas. Como não conseguiram um motivo para reprimir a mobilização, que foi pacífica e ganhou a opinião pública, tentaram achar alguma coisa no ICHF, para o governo e a Barcas S\A poderem dizer que os protestantes não passam de "drogados". Além de repudiarmos o 12º BPM e o Comandante da PMERJ por tal arbitrariedade, devemos exigir da administração da universidade, a autorização com a qual a viatura entrou no Campus, que é área federal. Se a viatura entrou sem a autorização federal, Roberto Salles deve assinar o quanto antes este repúdio à PMERJ e exigir explicações. Se entraram com autorização, Salles está deixando claro que está do lado da Barcas S\A e do Governo do Estado, na repressão absurda à liberdade de expressão na cidade. Haverá daqui a 30 minutos uma reunião no ICHFconvocada pelo DA de Ciências Sociais, os outros CA's e DA's do campus se puderem também devem aparecer! O DCE tb estará presente".
Os fatos precisam ser investigados e esclarecidos.
Juntos Somos Fortes!

12 comentários:

Anônimo disse...

Meu filho é estudante da UFF aqui na região dos lagos e se um pulha desses resolver tomar alguma atitude contra ele não sei o que posso fazer,perderei minha razão e certamente essa barbárie terminará em desgraça!!!Não é possivel que não possamos expressar nossas opiniões em publico contra esses desgovernos instalados no RJ.Que DEUS nos proteja desses déspotas porque me parece que estão todos unidos contra o povo!!!!

Anônimo disse...

Acabaram de vez com o blog denuncia da silva!!!!!!!

Anônimo disse...

Mesmo com a antecipação das parcelas do reajuste salarial oferecido pelo Governo do Estado do RIO DE JANEIRO, a PMERJ e o CBMERJ ainda possuem salários indignos, abaixo do Salário Mínimo Necessário divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) com base no artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988 (salário capaz de atender às necessidades vitais básicas), cujo valor foi de R$ 2.398,82 (dois mil, trezentos e noventa e oito reais e oitenta e dois centavos).

Anônimo disse...

De acordo com a CF/88 e o DIEESE, um Soldado PM/BM deve ganhar no mínimo em torno de R$ 2.400,00 mensais (valor líquido).

O Salário Mínimo Necessário divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (http://www.dieese.org.br), capaz de atender às necessidades vitais básicas (moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social), de acordo com o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal, em janeiro de 2012 correspondeu a R$ 2.398,82 (dois mil, trezentos e noventa e oito reais e oitenta e dois centavos). O piso salarial deve ser reajustado periodicamente, de modo a preservar o poder aquisitivo dos Militares Estaduais do Brasil.

http://www.dieese.org.br/rel/rac/salminMenu09-05.xml

Anônimo disse...

Soldos das Praças permaneceram abaixo do Salário Mínimo vigente (R$ 622,00) e vencimento do Soldado está em torno de R$ 1.769,33 (com o POEPP sobe para R$ 2.119,33, mas trata-se de uma gratificação temporária), um valor bem abaixo do Salário Mínimo Necessário.


VENCIMENTOS (PMERJ/CBMERJ):

Soldado (inicial, com POEPP): R$ 2.119,33

Cabo (com 2 triênios e POEPP): R$ 2.661,17

3º Sargento (com 3 triênios e POEPP): R$ 3.147,16

2º Sargento (com 3 triênios e POEPP): R$ 3.631,87

Obs: Já estão incluídos nos referidos valores a quantia de R$ 100,00 referente ao Auxílio Transporte.

PAULO GARCIA disse...

NA MINHA OPINIÃO ESTÁ ACONTECENDO UMA SITUAÇÃO GRAVE NO RIO DE JANEIRO POR CONTA DO GOVERNADOR. ACREDITO QUE ELE ESTÁ DESCOMPENSADO OU INSANO. É NACESSÁRIO QUE O POVO DO RIO DE JANEIRO ALERTE PARA ISSO. O GOVERNADOR ESTÁ EXTRAPOLANDO SEUS LIMITES E A REPERCUSSÃO DE SEUS ATOS PREOCUPA TODOS NÓS QUE SOMOS BRASILEIROS.

GRATO.

Anônimo disse...

Companheiros da PM, esses valores são líquidos ou brutos? Pq se for bruto é pura enganação!! Selva!!!

Anônimo disse...

Gostaria de remetê-los a uma reflexão. Um dia antes de se deflagrada a greve pelos senhores, foi mostrado pela mídia televisiva e em mais de um canal, pois é obrigação de todos ter uma visão apurada no que tange os meios de comunicação, cito a " Chapa Branca ", alguns policiais militares agredindo a população que diariamente se submete por pura necessidade ao meio de transporte oferecido pela concessionária da SuperVia.Os senhores se encontram na mesma situação que a população,ou seja, vítimas, pois vivem com uma parca remuneração e quando são chamados para atuar em nome do Estado, esquecem que fazem parte dessa população oprimida e sem os diretos respeitados e agem com uma truculência à època da ditadura e muitos preferem se impor pelo medo do que ser respeitado pela população,emfim, em vez de trazer para si a população, as repelem.Precisamos de uma polícia cidadã, e os senhores continuam atrasados no tempo e no espaço e isso é extremamento conveniente para aqueles que os comandam, pois tudo será debitado na conta dos senhores e seus comandos e governo irão sempre divergir dos senhores e vir com a retórica que a hierarquia e a disciplina são inerentes ao militarismo e aqueles que inflingirem serão punidos .Será que precisamos de uma polícia militarizada ? Eis a reflexão ? Até que ponto ela é boa ou ruim para os policiais militares.Eis a reflexão !

Anônimo disse...

Cel, gostaria de responder a reflexão acima sugerida. Bem amigo/a, me desculpe a ignorância mas não vejo relação nas coisas q vc diz. Vamos a elas, 1º - vc questiona a atuação da PM em muitas situações, mas se vc tb olhar bem esses mesmos telejornais que mostram a PM chegando no local, na GRANDE maioria das vz os PM são recebidos com violência, e eles (PM) precisam atuar, precisam cumprir determinações por essa mesma sociedade q vc relata, pois se não houver uma atuação da PM o problema, sem sombra de dúvida, irá se alastrar e chegar ao seu direito de ir e vir. Quanto a questão da militarização não vejo base na questão, pois se o probl fosse a militarização a PC não faria greve pelo país a fora. Em Salvador, um operador de pá mecânica se recusou a derrubar um casa e lhe foi dada voz de prisão por um PMBA, pois é, foi lindo e até na novela esse episódio entrou, porém, não saiu no JN o TEN q deu voz de prisão dando entrevista - 3 dias depois - falando do seu sofrimento de ter fazer cumprir a Lei, pois isso não interessa aos alienadores, esse policial disse q sofreu muito e qdo chegou em casa teve que explicar aos seus filhos que ele tinha que fazer aquilo, mas em seu íntimo, esse trabalhador (PM) entendia a dor e angustia daquele operador. Peço que vc tb reflita sobre oq lhe contei, reflita como se sente um policial ao ver crianças, idosos, pessoas humildes - TODOS OS DIAS - mortas, sofridas, renegadas, abandonadas, vc só critica, mas qdo vc se ver numa situação de risco vc liga pra quem? onde? Esses profissionais tb merecem nosso respeito e orgulho. Existe bandidos fardados, SIM, mas a PM possui 70 mil homens e mais de 90% são dignos da farda que vestem, do trab q exercem e indignos do salário miserável que recebem. "hierarquia e disciplina existe em qualquer seguimento da sociedade". 1º Sgt EB. Selva!!!

Anônimo disse...

Anonimo 19:36
Caro amigo
Quando é noticiado a truculência de agentes da lei contra a população, nem sempre se trata de uso excessivo da força. Talvez voce não saiba, mas, quando isso chega a acontecer é porque todos os esforços foram esgotados para conter a baderna evitando assim mal maior.Imagine voce, estando dentro de uma composição querendo seguir sua viagem ficar impossibilitado porque um bando de gente, tomados pela ira por causa de um defeito no trem em que viajavam, bloqueiam a linha impedindo que outros trens sigam viagem.
Voce viu o que eles fizeram nas estações?
Depredaram caixas eletronicos,roletas, guiches etc etc. O defeito no trem justifica essa atitude?
A PM chegou e, de maneira profissional tentou manter a ordem e a calma providenciando socorro para as pessoas que passavam mal. Acontece que os usuários que estavam ali não atendendo ao pedido dos agentes da lei, preferiam causa a baderna e o quebra-quebra.
Está registrado os atos de vandalismos praticados pelos usuários da supervia naquele episódio. A PM somente usou dos meios necessários para tentar conte-los. Se os policiais não tivessem tomado essa atitude certamente as consequencias seriam bem piores.

Anônimo disse...

EM RESPOSTA AO COMPANHEIRO AÍ DE CIMA: É O SALÁRIO BRUTO MEU IRMÃO!

Anônimo disse...

Obrigado pela atenção ao amigo que me respondeu sobre o salário. Bem, se é o bruto é mais uma GRANDE MENTIRA, pois estão fazendo a mesma coisa que fizeram com a gente do EB, qdo a Dilma deu aumento saiu uma tabela dos vencimentos BRUTOS e não do "líquido", que é o que realmente interessa, BRUTO é para "inglês" ver.