quarta-feira, 4 de maio de 2011

GOVERNO SÉRGIO CABRAL DESAFIA BOMBEIROS E POLICIAIS MILITARES, O RIO PODE ENTRAR EM COLAPSO.

O governador Sérgio Cabral (PMDB) está mal acostumado com relação às mobilizações dos militares estaduais, tal sentimento foi apreendido no início do ano de 2008, quando o Rio iniciaria uma verdadeira revolução na área da segurança pública no Brasil, rompendo por completo as amarras política que impedem que a Corporação possa prestar um serviço de boa qualidade para a sofrida população do Rio de Janeiro.
Era a mobilização dos 40 da Evaristo e dos Coronéis Barbonos.
Na época, esgotados todos os recursos democráticos, ordeiros, pacíficos e regulamentares para a obtenção de salários dignos e de adequadas condições de trabalho, a Polícia Militar se livraria da dominação política, desenvolvendo ma área operacional as Operações Padrão e Tolerância Zero, isso para salvar a Instituição e para a prestação de um serviço de melhor qualidade para a população do Rio de Janeiro; enquanto isso, a Polícia Militar não permitiria a exoneração do Coronel de Polícia UBIRATAN de Oliveira Angelo, digno comandante geral da PMERJ, uma covardia que se concretizou em decorrência da grande traição urdida por Oficiais que não conhecem os valores da dignidade, do idealismo, do destemor, do amor corporativo e do respeito aos interesses públicos.
Os resultados de tamanha traição podem ser vistos nos dias atuais em uma Polícia Militar que está completamente ajoelhada diante de políticos temporários, enquanto a sua tropa amarga o recebimento dos piores salários pagos no Brasil para PMs, isso sem falar no crescimento geométrico da banda podre, que já contamina até as jóias da coroa, as UPPs.
Os traidores da Polícia Militar acostumaram mal o governador.
Nessa quarta-feira, o governo Sérgio Cabral resolveu desafiar os Bombeiros e os Policiais Militares.
Apesar da demonstração de bom senso dada ontem pelos mais de 500 BMs e PMs que estavam no Largo do Machado, decidindo por não marcharem até o Palácio Guanabara, hoje, o secretário de governo Wilson Carlos desmarcou unilateralmente a reunião com os mobilizados e com um grupo de deputados.
Governador, não tenho dúvidas, não ocorrerá traição na mobilização dos Bombeiros, pois nela os Oficiais são raríssimos, portanto, o governo não ficará sem uma resposta pelo desafio, uma resposta dura, podem escrever.
Os mobilizados estarão reunidos na ALERJ, no dia 10 MAI 2011, às 14:00 horas, para decidirem os próximos passos, movimentos que podem ser radicais.
A ordem é bradar geral, convocar todos os que estão de folga, tanto no Corpo de Bombeiros, quanto na Polícia Militar, assim como, os inativos e as pensionistas.
O governo foi irresponsável, a ele toda a responsabilidade.
JUNTOS SOMOS FORTES!
PAULO RICARDO PAÚL
PROFESSOR E CORONEL
Ex-CORREGEDOR INTERNO

18 comentários:

Anônimo disse...

Caro cel, boa tarde, tive oportunidade de conversar com o sr algumas vezes e vi em seus olhos o brilho de uma criança que esta escrevendo uma parte importante na sua vida, na vida dessa cidade e das instituições militares, agora peço ao sr que com sua sabedoria adquirida com os anos que nos ajude, pois sua expererincia nos ajudara a marchar um caminho glorioso, boa tarde.

Anônimo disse...

Vamos lá PMs e BMS,a Hora é essa...

Anônimo disse...

eu sabia,que essa sujeira iria acontecer!!!!!

Fernanda disse...

Esse Governador é uma vergonha para o Rio de Janeiro, brinca com a ALERJ, brinca com o Corpo de Bombeiros, brinca com a Polícia Militar, não tem a menor moral perante seus comandados.
O ditador carioca!!!!!!!!!!!!!!

marcelo disse...

vamos então retirar do trono o reizinho mimado, sabemos que a algo de podre neste reino só falta quem pode apurar, não podemos prejudicar a sociedade pois ela também foi iludida com mentira upp e upa, reinado que corrompe seus funcionários e chama heróis de cancer, vamos dar um basta, nem um passo daremos atrás....

Ricardo Oscar vilete Chudo disse...

Acordo de uma reunião com manifetantes e Parlamentares desmarcada na ultima hora pelo Sr. Wilson Carlos, Secretário de Governo (pau mandado). Como no século XIV, o soberano se volta contra seus cavaleiros A “morte” política, a suposta sucessão com o uso de seu nome será fraca,

Anônimo disse...

Cabral fecha mais um hospital, agora é o da Polícia Civil
Manchete reproduzida de O Globo on line
Manchete reproduzida de O Globo on line



Só mesmo no Rio de Janeiro que são tomadas soluções desse jeito. Fecha-se um hospital para depois ver como é que fica. Agora é o Hospital da Polícia Civil que funciona na Praça Mauá. Cabral decidiu ceder o prédio para o prefeito Eduardo Paes fazer um museu dentro do projeto Porto Maravilha. Só que o governador anunciou que os policiais civis sairiam ganhando porque iria construir um novo e mais moderno hospital para a instituição.

É claro que nada disso aconteceu. O hospital foi desativado e ainda nem está definido o terreno da nova unidade. A promessa agora é que em seis meses será erguido um hospital nos moldes das UPAs, com conteiners. Até lá alguns serviços foram transferidos para a Academia de Polícia, onde vão funcionar precariamente e outros simplesmente suspensos.

Se Cabral agir como fez com o Hospital Pedro II, em Santa Cruz que pegou fogo em outubro do ano passado e até hoje nada aconteceu, os policiais civis podem esperar sentados.

Aliás, na gestão de Cabral já foram fechados os hospitais, de Infectologia, que ficava no Caju; o IASERJ, na Praça da Cruz Vermelha; e o de Barra de São João. O único que foi inaugurado foi o Hospital da Mulher, em São João de Meriti, que Rosinha deixou bem adiantado.

É assim que a saúde é tratada no Rio. Hospitais fecham em vez de novos serem inaugurados e os existentes serem reformados. Continuamos andando para trás.

Anônimo disse...

Sou da reserva do cbmerj e até agora só tenho acompanhado as manifestações através de vídeos no youtube, torcendo por cada integrante da mesma ,mas agora já passou do limite de qualquer ser humano,outra reunião desmarcada ,ele ,Cabral, mostra com suas atidude total repugnância aos heróis do CBMERJ, Podem contar comigo no dia 10 de maio na ALERJ,estarei ombreando com os IRMÃOS......

Anônimo disse...

AGORA É PARALIZAÇÃO!

Anônimo disse...

Vamos à luta companheiros!!! Levem quantos puderem no dia 10/05/11 para a ALERJ... Vamos mostrar pra esse FDP quem é o CÂNCER!!!

Anônimo disse...

Cadê o "apoio popular"?
Cadê a Mídia?

A população e a mídia só comparecem, apóiam e divulgam, principalmente nos tele-jornais, manifestações como a do "orgulho gay" ou marcha da maconha, entre outras.

O PINÓQUIO continua "pagando para ver" e a nos cozinhar em fogo brando.

Bastaria uma OPERAÇÃO TOLERÂNCIA ZERO, ININTERRUPTA POR PELO MENOS UMA SEMANA COMO "AVISO", para que ele COMEÇASSE A NOS LEVAR À SÉRIO.

NOS TRATA COMO MOLEQUES.

Não se prepara uma omelete sem QUEBRAR ALGUNS OVOS!!!

cabo de policia disse...

TÔ JUNTO,CABO DE POLÍCIA E VC VAI SE OMITIR NOVAMENTE?CHEGA DE SER COVARDES!!!!!!ESTAREI LÁ NO DIA 10,SE QUISER ME PRENDAM.

Anônimo disse...

MAIS UMA VEZ O REIZINHO DEU UMA DE MOLEQUE. COM MEDO QUE MARCHÁSSEMOS ATÉ SEU CASTELO ELE INVENTOU MAIS UMA MENTIRA, MAIS EU JÁ SABIA DISSO POR ISSO EU FUI CONTRA O CANCELAMENTO DA MARCHA. TEM PROBLEMA NÃO NA TERÇA QUE VEM VAI SER PIOR PQ O PESSOAL TA MAIS REVOLTADO AINDA COM ESSE ATO COVARDE DO DESGOVERNADOR EM MAIS UMA DE SUAS MENTIRAS. A ORDEM AGORA É A SEGUINTE: PARAR A RIO BRANCO, A PRES VARGAS E A RUA DA ASSEMBLÉIA NEM QUE TENHAMOS QUE DEITAR NO CHÃO, QUEM SABE ASSIM A MÍDIA SAIA DO ARMÁRIO E DIVULGUE O MOVIMENTO QUE ESTA CADA VEZ MAIOR.
É SENHORES ACABOU A PACIENCIA, TENTAMOS DE TODAS AS FORMAS SERMOS PACÍFICOS E ORDEIROS MAS ATÉ A PACIENCIA TEM LIMITE AINDA MAIS COM ESSA SENVERGONHISSE QUE FOI FEITA COM MAIS DE 600 HOMENS ALI PRESENTES. É CHEGADA A HORA DE MOSTRARMOS NOSSA FORÇA. COMO DIZIA O SAUDOSO SAMUEL CORREIA: "QUEM NÃO REAGE, RASTEJA".

Anônimo disse...

Coronel Paúl,

Há alguns dias, vi uma reportagem na TV (não me recordo o canal) onde policiais civis (drfa) faziam uma operação visando à apreensão de veículos emplacados em outros estados.

O responsável pela blitz, discorreu sobre as várias infrações (inclusive fiscais) em que seus proprietários poderiam estar incorrendo.

Como exemplo, a desobrigação da vistoria que para o cidadão fluminense é "obrigatória e dispendiosa".

Grandes empresas, onde seus veículos atuam exclusivamente no RJ, graças a este "artifício" ficam isentas de tal obrigatoriedade e dos encargos fiscais.

Um excelente exemplo, são as EMPRESAS DE TELECOMUNICAÇÕES.

Recordei-me de um comentário feito pelo senhor no blog, que em uma inauguração de upp uma VIATURA DA REDE GLOBO ao perceber que estava sendo filmada pelo senhor deixou o local às pressas. Lembra disso?

Por que teriam se "assustado???

Já imaginaram uma OPERAÇÃO TOLERÂNCIA ZERO FISCALIZANDO "DETALHES COMO ESTE, ENTRE OUTROS".

QUANTAS "SURPRESAS" ENCONTRARÍAMOS??

UM DIA, O ELEFANTE ARREBENTARÁ O BARBANTE QUE O PRENDE.

O ESTOURO DA MANADA JÁ PODE TER COMEÇADO.

Anônimo disse...

Uma idéia para a comissão organizadora: ir aos condomínios residenciais onde moram muitos bm e pm e marcar um encontro sábado ou domingo para palestrar com eles e pedir que colaborem com no dia 10 ,na alerj. Em Campo Grande , no mendanha tem um desses condomínios que tem 500 residências e ainda nesse mesmo bairro existem outros condominios desses militares.

Anônimo disse...

Vocês tão de brincadeira!!! Brasileiro "povinho sem sangue" é isso que somos!!! Pra mim ja chega!!! Quando forem exigir, eu falei EXIGIR, respeito,dignidade,reconhecimento,condições de trabalho... ai sim contem comigo!!!! Mas enquando o movimento for motivo de CHACOTA, to foraaaa!!!! Vou falar uma coisa pra vocês: O Governador ta rindo de nós!!!

Anônimo disse...

Caros colegas entendão de uma vez por todas: "SEM VIOLÊNCIA NÃO HA COMPREENSÃO!!!!!!

Anônimo disse...

SOMENTE DEUS PARA MUDAR A SITUAÇÃO PORQUE ESSE VERME DE DESGOVERNADOR ESTÁ COM O DEMÔNIO.