domingo, 22 de maio de 2011

O MILITARISMO CIDADÃO E A QUEBRA DE PARADIGMAS.

O Militarismo Cidadão está sendo construído no Rio de Janeiro, uma luta iniciada em 2007 pelos 40 da Evaristo e que começa a ganhar uma forma mais robusta na atual mobilização dos Bombeiros Militares.
Em apertada síntese, a expressão significa que o militar dos dias atuais deve cumprir os seus DEVERES, inclusive o de arriscar a própria vida em defesa da pátria e do povo, mas que não abre mão do exercício pleno dos seus DIREITOS de cidadão brasileiro.
Nada mais lógico, nada mais justo, afinal como DIMINUIR (restringir) DIREITOS dos únicos trabalhadores brasileiros que têm o DEVER de arriscar a própria vida no execrício da profissão?
Os militares são cidadãos brasileiros e não devem sofrer qualquer cerceamento dos direitos próprios da cidadania, isso é inquestionável.
A construção desse Militarismo Cidadão determina a necessidade da implementação de uma série de mudanças, tanto regulamentares, quanto comportamentais.
Toda a legislação castrense deve ser modificada tendo como parâmetro maior a Constituição Federal de 1988, a Constituição Cidadã, que por sua vez também deve estar em consonância com o Militarismo Cidadão, heróis não podem ter direitos a menos e só deveres a mais.
Temos também que quebrar alguns paradigmas ruins, hábitos seculares que só atrapalham, inclusive a prestação de serviços para a população. Temos que implodir o muro que separa Praças e Oficiais, como se fossem duas espécies diferentes. É tolice atávica pensar que uma maior interação entre Oficiais e Praças possa promover o desrespeito ou a promiscuidade, além disso, só as bandas boas ainda não fizeram tal interação, pois nas bandas podres das Instituições a interação é total e eles são exitosos nos seus objetivos nefastos.
É preciso unir os integrantes das bandas boas para promover as mudanças, pois só eles lutam por cidadania, por melhores salários e por adequadas condições de trabalho, as bandas podres não estão nem aí para esses detalhes.
Nessa direção, opino que precisamos realizar uma grande reunião envolvendo Praças e Oficiais da PMERJ e do CBMERJ, antes do dia 03 JUN 2011, para que possamos dar esse passo gigantesco para o fortalecimento do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, na direção da conquista dos nossos objetivos e no fortalecimento do Militarsmo Cidadão.
Penso que a reunião deva ocorrer no próximo final de semana (28/29 MAI 2011), em local aberto, pois não precisamos fazer nada escondido e que permita a acomodação de mais de mil militares estaduais.
Mãos à obra.
JUNTOS (verdadeiramente juntos) SOMOS FORTES!
PAULO RICARDO PAÚL
PROFESSOR E CORONEL
Ex-CORREGEDOR INTERNO

15 comentários:

Anônimo disse...

"Greve de policiais descamba para o terrorismo em Alagoas

Uma greve de policiais de Alagoas descambou para atos de terrorismo.
Durante a noite de ontem dois homens em uma moto lançaram “coquetéis molotov” contra o Quartel Geral da Polícia Militar, no Centro de Maceió.
No momento do atentado não havia ninguém no local, mas móveis e materiais de expediente foram queimados.

O comando da PM considerou o atentado planejado por policiais grevistas.
Praticamente no mesmo momento, servidores invadiram a sede da Secretaria de Fazenda, quebraram as portas de vidro e jogaram bombas, além de terem destruído câmeras do circuito interno."


Caríssimo Cel Paúl, achei esta notícia no site "militar.com.br" e achei oportuno comunicar, duvido que a imprensa chapa branca esteja noticiando eu nem sabia que a PM de Alagoas está em greve. Um bom domingo e uma boa semana para o Sr.

Saudações Amazônicas...SELVA!!!

JUNTOS SOMOS FORTES!!!
Ass. Sargento do Exército
Batalhão de Engenharia - Amazônia

Anônimo disse...

cel paúl o senhor sabe por qual motivo os coroneis do corpo de bombeiros não querem aderir ao movimento?por que tem coronel do corpo de bombeiros,colocado na alerj ganhando a bagatela de 23.000 reias,fora o seus salario de coronel do corpo de bombeiros,ele ganha mais do que um deputado estadual(brigadista na alerj).

Anônimo disse...

Segurança discute carga horária de policiais e bombeiros na terça
A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado vai realizar audiência pública na próxima terça-feira (24), às 14 horas, no plenário 6, para debater a carga horária semanal dos operadores de segurança pública – policiais, bombeiros, guardas municipais, entre outros. O assunto é tratado pelo Projeto de Lei 5799/09, do ex-deputado Capitão Assumção, que limita a carga horária desses profissionais a 6 horas diárias ou 30 horas semanais.

Foram convidados:
- o representante do Departamento de Polícia Rodoviária Federal Adriano Furtado;
- o representante do Colégio de Secretários de Segurança Pública (Consesp) Aloysio Franco de Oliveira;
- o presidente do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares (CNCG PM/BM), coronel Álvaro Batista Camilo;
- o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcos Vinício de Souza Wink;
- o presidente da Associação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais, Ernane Ribeiro Pitangui;
- o presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), Jânio Bosco Gandra;
- o presidente em exercício da Associação Nacional de Entidades de Praças Militares Estaduais (Anaspra), Pedro Queiroz; e
- o representante das guardas municipais Maurício Domingues da Silva.

Para o deputado Delegado Waldir (PSDB-GO), que sugeriu o debate, o projeto em discussão é complexo e “poderá ocasionar graves consequências na administração da segurança pública do País”. Para ele, a proposta “impede aos policiais avanços importantes em direitos e condições de trabalho”.

Em conjunto com o PL 5799/09, também tramita o Projeto de Lei 6399/09, do deputado Mauro Nazif (PSB-RO), que prevê carga horária semanal máxima de 48 horas para policiais militares e bombeiros militares.

Fonte: Agência Câmara de Notícias
Referência: Segurança Pública Fluminense

Anônimo disse...

MILITARISMO CIDADÃO



DEVERES
DIREITOS E CIDADANIA
PLENA!!!

Andrezza disse...

Por diversas vezes no decorrer do ano passado quando, sonhando com a PEC 300, os governos nos fizeram de bobos.
Eu por diversas tentei dissuadir militares que falavam em terrorismo nos diverso chats que participei.
Agora, infelizmente esses atos estao se tornando realidade, mas será que podemos atribui-los a militares?

JSF

Anônimo disse...

Uma coisa que só acontece na PMERJ

É um absurdo os Sargentos PM "concursados" (CFS) ficarem 6 (seis) anos na mesma graduação, sendo ultrapassados pelos "jurunas" (PMs acomodados), que, quando chegam automaticamente à graduação de Terceiro-Sargento, são promovidos em apenas 5 (cinco) anos! O CBMERJ, se compadecendo desse problema, foi à luta e conseguiu através do Decreto nº. 39.109/06 corrigir a injustiça nas promoções de praças (lá, os Sargentos "de curso" são promovidos em apenas quatro anos).

Anônimo disse...

Cabral desrespeita a lei

De acordo com o Inciso I do Artigo 92 da Constituição do Estado do Rio de Janeiro, o governante, o administrador público, não pode pagar um SOLDO inferior ao SALÁRIO MÍNIMO vigente aos Militares Estaduais.

Cidadão, que Polícia Militar é essa que desrespeita os direitos básicos de seus homens?

O Salário Mínimo Necessário estipulado pelo DIEESE em Abril/2011 é de R$ 2.255,84 (dois mil, duzentos e cinquenta e cinco reais e oitenta e quatro centavos), conforme preceitua a Carta Magna no Artigo 7º, Inciso IV.

http://www.dieese.org.br/rel/rac/salminMenu09-05.xml

Enquanto isso, o SALÁRIO DO SOLDADO DA PMERJ OU CBMERJ é a bagatela de R$ 1.031,38 (mil e trinta e um reais e trinta e oito centavos). Um absurdo!!!
O 202º aniversário da PMERJ transcorreu em silêncio, um 13 de maio mudo, algo aceitável para uma Instituição que amarga a sua pior fase na história bicentenária.

A postura populista de Sérgio Cabral é própria dos políticos sem conteúdo e, acima de tudo, sem realizações, os quais buscam obter votos através do jogo de palavras para agradar grupos numericamente expressivos.

Em mais de quatro anos de desgoverno, Sérgio Cabral não conseguiu nenhum avanço na educação, na saúde e na segurança públicas (áreas essenciais).

O ESTADO DO RIO DE JANEIRO, possuidor do maior PIB per capta da região sudeste e da segunda maior arrecadação de impostos no país, segundo o IBGE, paga aos seus militares o PIOR SALÁRIO DO BRASIL!

Obs: A mídia corrupta do RJ não divulga as notícias mais importantes!

Anônimo disse...

O governo Sérgio Cabral (PMDB) é uma catástrofe para a população fluminense

O GOVERNO SÉRGIO CABRAL ESTÁ TENTANDO ENGANAR A POPULAÇÃO!

Apenas para fins de estimativa, vamos considerar 0,5% de inflação ao mês, totalizando 24,2% a inflação no período de janeiro/2007 até abril/2011.

Em 2006, na AME/RJ, o candidato Sérgio Cabral (PMDB) disse que sabia que as nossas perdas salariais já eram superiores a 54% e que faria essa reposição.

Usando uma matemática simples, podemos estimar as nossas perdas até abril/2011 em 54% + 24,2% = 78,2%.

Como o governo alega ter concedido 33,65%, ainda falta ao governo Sérgio Cabral (PMDB) repor perdas salariais para os Bombeiros e Policiais Militares da ordem de 45%.

Portanto, ainda NÃO TIVEMOS NENHUM AUMENTO, NEM AS NOSSAS PERDAS SALARIAIS FORAM REPOSTAS!

Anônimo disse...

Cel, belo chamamento para o exercício de cidadania dos militares...entendo que o caminho seja esse via CF 88.
JSF
Eduardo

Anônimo disse...

A organização da Polícia nos Estados Unidos é bem diferente. A Polícia de Nova Iorque vem sendo frequentemente usada como referência pelo Governo do Rio, mas a questão salarial parece que é ignorada.

A NYPD (New York City Police Department) ainda não paga tão bem como a LAPD (Los Angeles Police District), por exemplo, mas seus integrantes estão orgulhosos de terem aumentado o salário de seus policiais, e fazem questão de divulgar isso no site oficial (http://nypdrecruit.com/).

A primeira coisa que o site de recrutamento da Polícia de Los Angeles enfatiza são os salários competitivos que recebem seus policiais. E além disso, eventuais bônus por qualificação, como conhecimento de idiomas estrangeiros ou formação jurídica, por exemplo.

Lá, o cidadão acaba de se formar como policial e já está recebendo mais de R$ 8.500,00 (oito mil e quinhentos reais com a conversão do dólar para o real) de salário, fora os benefícios, ajuda de custo...

São ainda agraciados com um bom plano de saúde e dental estendido à familiares, subsidiado pelo Governo. O plano de pensão e aposentadoria também é subsidiado pelo Estado. Horas extras são pagas, trabalho noturno tem acréscimo, enfim, todo um ambiente digno é propiciado ao servidor policial para que este se preocupe tão somente com a qualidade e eficiência de seu trabalho.

Anônimo disse...

Quem será?
Reprodução da coluna de Elio Gaspari, em O Globo
Reprodução da coluna de Elio Gaspari, em O Globo



O jornalista Elio Gaspari incendiou a Polícia Militar do Rio de Janeiro com essa nota publicada na sua coluna de hoje, em O Globo. Se fosse Jorge Bastos Moreno que faz ironia com os fatos da política, na coluna Nhenhenhém, o pessoal até levaria na gozação por conta dessa história de Cabral incentivar policiais militares e bombeiros a “saírem do armário”. Mas na coluna de Elio Gaspari, que não é chegado a brincadeiras, todo mundo agora quer saber quem é o oficial da PM.

Anônimo disse...

É preciso dar uma lembradinha que PMs do DF ja tem salários e beneficios que se aproximam de colegas dos EUA.
E nós nao temos ainda nem ao menos 50 por cento de salário e, em termos de beneficios não da pra comparar.
Entendemos que não podemos chegar a tudo isso de uma noite pra o dia mas podemos iniciar um planejamento conjunto para chegarmos a isso a médio prazo. A PEC 300 ja pode ajudar na questão salarial.
A LUTA ´será longa principalmente com esse governo que não faz a menor questão de nos valorizar ,pelo contrario ainda nos submete a RDs arcaicos que por ex: nos priva da liberdade por tentarmos melhores condições de trabalho e que certamente se reverterá em uma melhor prestação de serviços à sociedade que paga horrores em impostos .
MILITAR CIDADÂO
JSF
Eduardo

Anônimo disse...

BOA NOITE COMPANHEIROS VENDO AS NOTICIAS DO JORNAL EXTRA,VI O VIDIO NO QUAL A PROFESSORA AMANDA DO RN RECLAMA DOS BAIXOS SALARIOS E DIGNIDADE DOS PROFESSORES DAQUELE ESTADO,NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA QUELE ESTADO NA QUAL EU POSTEI ALGUNS COMENTARIOS CONVIDANDO OS PROFESSORES DO RIO A SE JUNTAREM A NÓS NO DIA 3,ESPERO QUE TODOS OS PMS E BMS FASSAM O MESMO QUE EU FIZ,VAMOS POSTAR MAIS COMENTARIOS NESTE SENTIDO.

Anônimo disse...

3 de JUNHO - o dia "D" para Bombeiros e Policiais do RJ!

ATENÇÃO MILITARES:
NADA MUDOU! NENHUM PASSO DAREMOS ATRÁS!
- Reunião com 2 representantes de cada quartel, AMANHÃ (23/05) às 19h, nos Arcos da Lapa.
- Reunião dos Oficiais do CBMERJ e da PMERJ, AMANHÃ (23/05) às 19h, na AME/RJ (Rua Camerino, 114, Centro).
- Os militares (Bombeiros e Policiais) do interior do estado devem sinalizar a necessidade de ônibus para o deslocamento até o Centro do Rio dia 3 de junho.
- No dia 25/05 (quarta-feira), seguindo o acordo firmado em ata no dia 16, teremos a abertura da negociação referente as melhorias: salarias e de condições de trabalho. Suspendemos as manifestações no entorno da ALERJ, estamos aguardando a resposta do dia 25. Independente disso, dia 3 de junho estaremos reunidos, no dia "D". Suspendemos as manifestações, mas não as reuniões e toda organização. Lembrando que o movimento nunca parou e nem vai parar. Podem tentar calar alguns cantores, mas a canção está composta e foi registrada há tempos. Cantores e vozes que façam ecoá-la não faltarão jamais. Portanto, TODOS estão convocados, Bombeiros, Policiais, familiares, amigos, para no dia 3 de junho às 14h na ALERJ, ombrearmos nessa luta por DIGNIDADE!
-------------------------------
Você sabe qual é a matemática do dia 3 de junho?


Considerando que uma pessoa adulta (em pé) ocupa aproximadamente 30cm de raio.Constatamos que a área ocupada por um adulto é de 0,28m² (A=PI*r²). Logo, verificamos que se a área indicada na figura (frente da ALERJ) estiver completamente tomada de pessoas em pé e bem justapostas comportará (1150/0,28) 4.107 pessoas adultas aproximadamente.

CONCLUSÃO:
No dia 16 de maio de 2011 tivemos cerca de 4000 Bombeiros lutando por DIGNIDADE!
Dia 17/04 eram 130 - Dia 16/05 eram 4000 - Dia 03/06 ??????

Anônimo disse...

CARO CORONEL PAUL:
MUITO BOA SUA MATÉRIA ACIMA,A ALGUNS DIAS ATRAZ,COMENTEI EM SEU BLOG ,SOBRE A UNIÃO DE FORÇAS ENTRE OFICIAIS E PRAÇAS NA LUTA PELOS NOSSOS DIREITOS.
PERFEITA A MATÉRIA,DESDE QUE SEJA EM IGUALDADE DE CONDIÇÕES E HAJA UMA MUDANÇA PLENA NA MANEIRA DE PENSAR DE ALGUNS OFICIAIS,QUE SEMPRE USARAM O REGULAMENTO EM BENEFÍCIO PRÓPRIO.
MUDANÇA ESSA QUE DEVERÁ BENEFICIAR TODA A CATEGORIA E,QUE PASSAM PELA MUDANÇA ATÉ DO REGULAMENTO,QUE DEVERIA SER ÚNICO E NÃO COMO ATÉ AGORA FOI FEITO.UM PARA PREJUDICAR PRAÇAS E OUTRO PARA BENEFICIAR OFICIAIS.
É SIM COM ABSOLUTA CERTEZA,ESSE REGULAMENTO TOTALMENTE OBSOLETO O MAIOR RESPONSAVEL PELA DIVISÃO DA PÓLÍCIA ,SENDO ÊLE COM SUAS DUAS FACES QUE GERA AIMOSIDAE E ÓDIO ENTRE OFICIAIS E PRAÇAS.