sexta-feira, 23 de setembro de 2011

A POLÍCIA MILITAR VIVE SEUS ÚLTIMOS DIAS NO RIO DE JANEIRO.

A PMERJ, infelizmente, está sendo completamente destruída.
Quem pode confiar em uma polícia que não consegue evitar furtos de motos do interior de um quartel?
Quem pode confiar em policiais que furtam motos do interior de um quartel?
Quem pode confiar em uma polícia que enfraquece a própria Corregedoria Interna, diante de uma banda podre que só aumenta?
Lembro que o BPChoque é uma das unidades para as quais o governo estadual paga uma gratificação mensal aos seus integrantes, no valor de R$ 1.000,00 mensais.
JORNAL O DIA:
Inquérito investiga sumiço de motos em quartel da PM
Veículos desapareceram do Batalhão de Choque, no Centro
POR ROBERTA TRINDADE
Rio - Duas motos da Polícia Militar sumiram de dentro do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), na Rua Salvador de Sá, no Centro do Rio. Os veículos, descaracterizados, pertencem à frota do Projeto Garupa, implantado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública, em maio de 2010, com dinheiro repassado pelo Departamento de Transportes Rodoviários (Detro). Na ocasião, a secretaria recebeu R$ 11 milhões para investimentos, sendo que R$ 9,5 milhões foram usados na compra de 187 motos de 600 cilindradas.
O sumiço foi percebido dois dias após a chegada dos veículos, há menos de um mês. Um inquérito policial militar (IPM) está prestes a ser concluído. Segundo a corporação, três linhas de investigação são analisadas: furto, roubo e erro na conferência dos veículos na hora da entrega. A PM não informou modelo e preço das motos que desapareceram.
A implantação do Projeto Garupa, de patrulhamento de vias, foi antecipada pelo secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, em entrevista a O DIA ano passado. “É muito difícil patrulhar adequadamente as vias expressas e outras de grande movimento. Então, vamos colocar o Projeto Garupa, que são equipes de quatro motoqueiros”, explicou ele, na ocasião.
No mesmo Batalhão de Choque estão guardadas as 60 motos doadas pela empresa OGX, do empresário Eike Batista, que serão usadas a partir de outubro no patrulhamento das áreas onde existem Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). A compra de uniformes específicos, acessórios e itens obrigatórios de segurança, como capacetes, está em licitação.
Ainda segundo a PM, foi feito levantamento entre PMs lotados no Comando de Polícia Pacificadora para determinar quais possuíam carteira de habilitação A, para condução de motocicletas. Atualmente, 300 PMs foram treinados no Grupamento Tático de Motociclistas (GTM).
JUNTOS SOMOS FORTES!
PAULO RICARDO PAÚL
PROFESSOR E CORONEL
Ex-CORREGEDOR INTERNO

4 comentários:

Ricardo Oscar vilete Chudo disse...

Furto de carros em área sob jurisdição militar não é caso raro. No 26º BPM (Petrópolis)Unidade que em 2007 mantinha Guarda composta de um sargento e um soldado sentinela, houve furto de auto pertencente a policial militar, em frente da Unidade.

MARCOS CORREA disse...

A GUARDA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO ENTROU EM GREVE POR MELHORES SALARIO. O PISO DA CATEGORIA E DE 600 REAIS.

MARCOS CORREA disse...

A GUARDA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO ENTROU EM GREVE POR MELHORES SALARIO. O PISO DA CATEGORIA E DE 600 REAIS.

Anônimo disse...

A ocorrência aconteceu quando o portão de entrada para o festival ainda estava fechado. O grupo estava na fila aguardando, quando começaram a ouvir gritos de "vai abrir". Uma agitação se formou entre os fãs que estavam na fila. Uma jovem, então, se deu conta que estava com a bolsa aberta e estava sem vários pertences. Outras pessoas que a acompanhavam também verificaram a mesma situação. ESSE É O RIO PACIFICADO DE CABRAL....ONDE OS POLICIAIS GANHAM R$ 9.000,00 DE GRATIFICAÇÃO....ESSA É A SEGURANÇA PÚBLICA DO CORONEL CABRAL....ACORDA CABRAL....JUNTOS SOMOS FORTES!!!! FONTE ODIA ONLINE