quarta-feira, 8 de junho de 2011

A OCUPAÇÃO DO QG DOS BOMBEIROS - UM ATO DE VANDALOS OU UMA EMBOSCADA DO GOVERNO SÉRGIO CABRAL?

Hoje, por volta das 11:30 horas, eu serei entrevistado no programa SBT Rio e comentarei os fatos que culminaram na ocupação do Quartel General do Corpo de Bombeiros por 2.000 Bombeiros Militares na noite do dia 03 JUN 2011 e a invasão do BOPE realizada no dia 04 JUN 2011.
Avalieim os meus argumentos e decidam:
A OCUPAÇÃO DO QG DOS BOMBEIROS FOI UM ATO DE VANDALOS OU UMA EMBOSCADA DO GOVERNO SÉRGIO CABRAL?
JUNTOS SOMOS FORTES!
PAULO RICARDO PAÚL
PROFESSOR E CORONEL
Ex-CORREGEDOR INTERNO

6 comentários:

Ricardo Oscar vilete Chudo disse...

Grandes estrategistas são personagens e os Bombeiros Militares têem a melhor estratégia.

Anônimo disse...

Saudações Cel Paúl, fato que ocorreu no Rio já acontecera em PE em 2000 onde 200 motoqueiros em greve foram conduzidos por infiltrados que carregavam a bandeira do Brasil para uma emboscada na av. agamenon magalhaes no recife, fato que culminou em varios tiros deflagrados contra os grevistas e prisão dos mesmos, ensejando o fim da greve de 2000. Tem um ditado que diz: "não acredite em coincidências"

Anônimo disse...

Relato sobre a covardia do bope com os HERÓIS BOMBEIROS:


E a confusão começou...
Ao tentar entrar no quartel central, viaturas impediram o acesso dos bombeiros militares. De acordo com o sargento, os bombeiros tentaram abrir espaço, mas o batalhão de choque estava na frente deles. “Mas o batalhão de choque abriu o quartel, atendendo ao nosso pedido. O único que não saiu infelizmente foi o coronel comandante do batalhão, que por descuido colocou a mão no portão quando este estava sendo aberto e a mão dele quebrou”, conta o bombeiro, frisando que os próprios bombeiros da corporação socorreram o comandante do batalhão de choque.

Cerca de dez mil bombeiros entraram no quartel, a noite chegou e cinco mil manifestantes foram para casa. “Em momento algum depredamos equipamentos do nosso quartel. Ficamos deitados por lá, esperando qualquer tipo de resposta do nosso comandante. O batalhão de choque teve uma conduta excepcional, porque também era a luta deles”, esclarece. Depois de uma conversa do comandante do batalhão de choque da PM com o comandante dos bombeiros, as equipes do batalhão abandonaram o local. “É preciso destacar que não paramos o socorro dos bombeiros, outros grupamentos estavam avisados para cobrir a área do quartel central”, revela.

Por volta das 6h o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, solicitou ao comandante do Bope a invasão do quartel central para que pusesse fim à manifestação. “As mulheres dos bombeiros estavam na parte externa preparando um café, nunca esperávamos essa ação. Arrebentaram o muro com bombas, usaram bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta, bombas de efeito moral e entraram. Eles subiram até o segundo andar e começaram a tacar bombas no pátio onde estavam os bombeiros. Tiros de fuzil foram disparados contra as viaturas para denegrir ainda mais a imagem da instituição. Oito viaturas foram destruídas”, lembra o sargento. Foram presos 439 bombeiros militares, destes, 27 combatentes da área do 6º Grupamento de Bombeiros Militar de Nova Friburgo foram detidos.

marcos disse...

Grande covardia do Sérgio Cabral, e grande falta de fraternidade do pessoal do Bope.
Ao senhor, Coronel, e aos Bombeiros que estão presos, nosso apoio, oração e a certeza de que JUNTOS SOMOS FORTES!

nandajudoca disse...

Pena eu n ter visto! Pô! Cabral tá usando a PM para n haver união entre as corporações, ainda bem Coronel, que o Sr. sendo um Policial está do lado dos Bombeiros e está fazendo sua parte. Os bombeiros são heróis!

Alexandre, The Great disse...

O planejamento deve ter sido elaborado por algum "estrategista" da SESEG, haja vista que o pinóquio(com seu nariz cada vez maior e mais largo) não teria capacidade mental de fazê-lo. Quem sabe não recontrataram o falso Ten Cel do EB, ou pior: encomendaram uma "consultoria" a ele?